Conexão Assembleia

Beto Studart destaca recuperação da economia no Conexão Assembleia

Vice-presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), o empresário cearense Beto Studart avaliou com otimismo a retomada econômica do Ceará e do Brasil, em entrevista ao programa Conexão Assembleia, da rádio FM Assembleia (96.7MHz), nesta segunda-feira (02/08).

Para o empresário, já é possível perceber a recuperação da economia, em relação à crise gerada pela pandemia da Covid-19. Beto Studart aponta que os setores econômicos voltaram a empregar após a segunda onda da doença no Brasil. “As empresas estavam num ritmo inferior ao normal. Agora, estamos com 50% da capacidade instalada funcionando. Nosso desemprego ainda está muito alto, com 14,5 milhões de pessoas, mas tudo que acontecer daqui para frente significará uma indústria que produzirá em outro nível”, destacou.

CPI
Apesar disso, na avaliação de Beto Studart, a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia é um risco para essa retomada. “Tudo ali é uma grande fraude. São apresentados documentos sem consistência para poder denegrir o (presidente) Bolsonaro. Não sou bolsonarista, sou de direita, mas não sou bolsonarista doente. Admiro por sua honestidade, embora ache que faltou diplomacia para a aprovação de projetos importantes”, pontuou.

Positivo
Ao deputado Nelinho (PSDB), que participou do Conexão Assembleia questionando sobre o cenário econômico do Ceará, Beto Studart analisou o Governo Camilo Santana de forma positiva, tanto no enfrentamento à pandemia como no apoio ao setor produtivo. “O Ceará, assim como todos os estados, teve dificuldades. Mas dá mostras que está em recuperação. O Governo do Camilo (Santana) é extraordinário. Ele é um cidadão extremamente responsável, está fazendo uma gestão da pandemia exemplar, junto com Dr. Cabeto. Eu nem discuti os fechamentos dos decretos do Camilo. Quando você olha outros lugares do mundo, estamos fazendo igual ou melhor”, elogiou.

Racionamento
Sobre os riscos de uma crise elétrica no Brasil, com racionamento de energia e aumentos nas tarifas, o empresário afirmou não acreditar na possibilidade de “apagão” no País. Conforme observou, o cenário é ocasionado pelo momento de escassez hídrica nos reservatórios, no entanto, Beto Studart considera que as termelétricas devem dar conta, apesar do elevado custo que chega ao consumidor. “Eu não acredito no colapso. Vamos trabalhar no limite da situação, mas vamos superar. Vejo o momento como uma coisa séria, mas não vejo a possibilidade do apagão. O discurso do apagão é mais político”, analisou.

Gestão
Segundo Beto Studart, foi adotada em sua empresa uma postura progressista na gestão dos negócios, com a opção de não demitir funcionários. “Nós empresários, homens responsáveis, que lutamos muito por nossos negócios e respeitamos o emprego das pessoas, não desempregamos ninguém. As empresas que desempregaram em massa, aproveitando determinado estímulo do Governo Federal, estão arrependidas porque terão que admitir. E você jogou para fora parte da memória e da inteligência de sua empresa”, acrescentou.

Futuro
Sobre planos futuros, Beto Studart citou a criação do BS Cash, na área financeira, com serviços de pagamentos e empréstimos por meio digital, além da construção de um novo prédio, chamado BS Gold.

Vídeo
A entrevista com o empresário Beto Studart pode ser conferida na íntegra no Youtube da TV Assembleia e pelo Facebook da AL.

Multi
Conexão Assembleia é um programa multiplataforma da rádio FM Assembleia, exibido às segundas-feiras, às 8h, na emissora, no Youtube e no Facebook da AL, e às 20h30, na TV Assembleia. O programa também é disponibilizado no podcast da rádio FM Assembleia. Basta procurar o canal nas principais plataformas de áudio, como Spotify, Deezer, Apple Podcasts e Google Podcasts.

Com informações da Agência de Notícias da AL


Curtir: