Internacional

Brasil anuncia a concessão de asilo a senador boliviano

Senador boliviano diz sofrer "perseguição política" de Evo Morales

O governo brasileiro decidiu na sexta-feira (08) conceder asilo político ao senador boliviano Roger Pinto Molina, que faz oposição ao governo do presidente Evo Morales. Pinto estava na embaixada do Brasil em La Paz, capital boliviana, desde o dia 28 de maio. Ele havia solicitado asilo à presidente Dilma Rousseff dizendo ser “vítima de perseguição política” e sofrer “ameaças” na Bolívia.

Em nota
De acordo com a nota divulgada pelo Itamaraty, o asilo foi concedido “à luz das normas e da prática do direito internacional latino-americano” e com base na Constituição. Apesar da decisão brasileira, o senador Pinto ainda precisa aguardar um documento chamado “salvo-conduto”, autorização do governo boliviano para que o senador possa se asilar no país.

“O Brasil fez o que poderia ser feito unilateralmente. Mas, para que esse asilo diplomático se transforme de fato em territorial, é necessária uma autorização da Bolívia”, afirmou o porta-voz do Itamaraty, Tovar Nunes.

Bolívia
A despeito do comunicado do Itamaraty, o governo boliviano disse ontem que não havia sido informado da decisão de Brasília.

Da Folha.com


Curtir: