Fortaleza

Câmara de Fortaleza discute problemas da comunidade Poço da Draga

A audiência atende ao requerimento do vereador João Alfredo. Foto: CMFor
A audiência atende ao requerimento do vereador João Alfredo. Foto: CMFor

Nesta quarta-feira, 20 de fevereiro, a Câmara Municipal de Fortaleza recebe a comunidade Poço da Draga para discutir a regulamentação da Zona Especial de Interesse Social (Zeis) do local, além de outros problemas que preocupam os moradores – como o saneamento básico e a segurança dos moradores. O requerimento é do vereador João Alfredo (PSOL) e a audiência acontece no Auditório da Câmara a partir das 14h30min.

Demandas
Os moradores pedem urgência na solução de questões como as galerias de escoamento de água – seja esgoto ou água pluvial. Uma dessas galerias está localizada logo depois da Ponte Velha e próxima ao novo espigão, construído pela Prefeitura na gestão anterior. Eles dizem que, logo acima, homens trabalham na construção de um muro, que já está bem avançado, tornando particular parte da faixa de areia. Moradores exigem a visita de um especialista para a avaliação do que pode ter provocado o fechamento da saída da água e para tomar as medidas necessárias.

Canal
Alguns metros adiante, outro ponto de escoamento também merece atenção: é o canal que liga o braço do Riacho Pajeú ao mar, e que passa por dentro da comunidade. O Poço da Draga sofre com a falta de saneamento básico e por isso o mangue está sobrecarregado de dejetos e lixo.

Chuva
O medo da população aumenta com a chegada do período chuvoso. Com as chuvas, as águas do Riacho do mangue sobem e invadem as casas, junto com o lixo e os dejetos. Os ralos já estão transbordando E este ano a ameaça duplica com a obstrução da galeria – não há também forma de escoar a água que vem por ela. Os moradores mais velhos demonstram receio que a água pode chegar ao Centro Cultural da Caixa, vizinho da comunidade.

Poço da Draga
A comunidade de 106 anos sofre com as ameaças da especulação imobiliária, a falta de serviços essenciais e de segurança. Localizada próxima ao Dragão do Mar de Arte e Cultura e as futuras instalações do Acquário Ceará, a comunidade passou pelo processo de demarcação como ZEIS (Zona Especial de Interesse Social) pelo atual Plano Diretor Fortaleza, processo ainda não finalizado.

Serviço: Audiência pública para debater a crescente violência no entorno e interior das escolas de Fortaleza.
Local: Câmara Municipal de Fortaleza (Rua Thompson Bulcão, 830)
Data: Quarta-feira, 28/11
Horário: 14:30 min


Curtir: