Polêmica

Câmara Federal aprova arquivamento de projeto da “cura gay”

Marco Feliciano é o presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara Federal
Marco Feliciano é o presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara Federal

O Plenário da Câmara dos Deputados arquivou o projeto sobre tratamento gay, denominado “Cura Gay”. Os deputados aprovaram o requerimento do próprio autor do projeto, deputado João Campos (PSDB-GO), para arquivamento da proposta.

Projeto “inoportuno”
O projeto sustava a resolução do Conselho de Psicologia que impede o tratamento da homossexualidade e pune o psicólogo que fizer declarações homofóbicas. Para o presidente da Câmara, deputado Henrique Eduardo Alves, o projeto é “preconceituoso, inoportuno e inconveniente, e essa Casa não gostaria de vê-lo aprovado”.

Só na próxima legislatura
Embora tenha reconhecido que a retirada do projeto foi “a coisa certa a ser feita”, o presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias, deputado Pastor Marco Feliciano (PSC-SP), afirmou que a proposta será reapresentada no futuro.

De acordo com o Regimento Interno, proposta nesse sentido não poderá ser reapresentada novamente neste ano, podendo retornar no ano seguinte por iniciativa de qualquer deputado.

Com informações da Câmara dos Deputados


Curtir: