Câmara Municipal

Câmara Municipal divulga nota sobre confronto com servidores na abertura dos trabalhos

Câmara Municipal divulga nota sobre confronto com servidores na abertura dos trabalhos. Foto: Tiago Stille
Câmara Municipal divulga nota sobre confronto com servidores na abertura dos trabalhos. Foto: Tiago Stille

A Câmara Municipal de Fortaleza divulgou, na tarde desta segunda-feira (03), uma Nota Oficial sobre o confronto entre guardas municipais e servidores públicos na abertura dos trabalhos do Legislativo. Portas e janelas de vidro foram quebradas e os servidores foram afastados com spray de pimenta e bombas de efeito moral.

Leia aqui:
Abertura dos trabalhos na Câmara é marcada por manifestação e confronto

Truculência
Em nota, a Câmara afirma que “parte dos referidos manifestantes decidiu invadir de forma truculenta o plenário, no que foi contida pela Guarda Municipal. Lamentavelmente, parte das instalações da Câmara Municipal, que é patrimônio do povo de Fortaleza, foi depredada”.

Na íntegra
Acompanhe, abaixo, a íntegra da nota oficial enviada à imprensa.

“A Câmara Municipal de Fortaleza realizou nesta segunda-feira, 3 de fevereiro, a solenidade de abertura da sessão legislativa de 2014 de sua 17ª legislatura. Além da saudação do presidente Walter Cavalcante e da tradicional mensagem do Poder Executivo, lida pelo prefeito Roberto Claudio, todos os parlamentares puderam expor suas percepções e expectativas para administração pública fortalezense neste ano.

Um grupo de servidores dirigiu-se à sede do Legislativo e realizou um protesto, sendo democraticamente acolhido e acomodado nas galerias do plenário Fausto Arruda até a lotação do espaço. A Câmara Municipal de Fortaleza formou sua Comissão Permanente de Negociação para receber os servidores e ouvir suas reivindicações.

No entanto, uma parte dos referidos manifestantes decidiu invadir de forma truculenta o plenário, no que foi contida pela Guarda Municipal. Lamentavelmente, parte das instalações da Câmara Municipal, que é patrimônio do povo de Fortaleza, foi depredada.

A Câmara Municipal de Fortaleza reafirma sua vocação pacífica e democrática e mantém a disposição de sempre receber as demandas de populares e movimentos organizados, em busca das resoluções e encaminhamentos necessários. Ao mesmo tempo, vai solicitar aos órgãos competentes a apuração de todo e qualquer excesso cometido a fim de cobrar a devida responsabilidade.”


Curtir: