Congresso

Câmara rejeita “penduricalhos” e devolve texto da MP da Seca

Câmara rejeita "penduricalhos" e devolve texto da MP da Seca. Foto: Divulgação
Câmara rejeita “penduricalhos” e devolve texto da MP da Seca. Foto: Divulgação

A Câmara dos Deputados devolveu nesta quarta-feira (30) o texto da Medida Provisória (MP) 623/13 que tratava de operações de crédito rural contratados por empreendimentos localizados em áreas atingidas pela estiagem no âmbito da Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (Sudene).

“Penduricalhos”
Segundo o presidente da Casa, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), a devolução da matéria à comissão mista do Congresso Nacional é consequência de decisão tomada no início de setembro, quando ele anunciou que não aceitaria mais os chamados “penduricalhos”, ou seja, a inclusão de assuntos diversos no texto de uma MP, que é criada para um assunto específico.

Facilitar?!
O texto da MP 623/13, conhecida como MP da Seca, foi enviado pelo Planalto para facilitar a quitação de dívidas de produtores rurais da região abrangida pela Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (Sudene).

Validade
A MP perderia validade se não fosse aprovada até 15 de novembro e ainda precisava passar pela análise nos plenários da Câmara e do Senado.

Reunião
De acordo com assessores da Mesa Diretora, o despacho do presidente da Câmara segue agora para a Comissão Mista do Congresso Nacional, que irá decidir o que será feito com a matéria.

Aprovação
A comissão mista, que analisa a matéria, aprovou na terça-feira (29) um relatório que ampliava o alcance da medida incluindo, como beneficiários, produtores que contrataram operações pelo Programa Reorientação da Pequena e Média Propriedade Rural (Prodesa), e produtores de cana-de-açúcar e etanol.

Com informações da Agência Brasil


Curtir: