Eleições 2014

Camilo e Eunício vão decidir a eleição no segundo turno

Camilo e Eunício vão decidir a eleição no segundo turno
Camilo e Eunício vão decidir a eleição no segundo turno

A eleição para o governo do Ceara em 2014 será decidida em segundo turno entre candidato Camilo Santana (PT) e Eunício Oliveira (PMDB). O petista Camilo Santana que vinha sempre atrás nos levantamentos eleitorais, conseguiu, com 99,62% das urnas apuradas, chegar ao primeiro lugar da disputa, com a diferença de 59.032 votos em relação a Eunício. Camilo totalizou 2.032.662 votos, o que representa 47,79% dos votos, enquanto Eunício obteve 1.973.630 – 46,40% dos eleitores cearenses.

A apuração aponta Eliane Novais (PSB) com 4% dos votos. Em seguida, vem Ailton Lopes (PSOL) com 3%.

Reações
Enquanto no comitê de Camilo Santana o resultado foi motivo de comemoração, o de Eunício Oliveira representou surpresa e chateação.

A decepção de Eunício
Eunício Oliveira que acompanhou a votação em seu escritório, localizado na Aldeota, junto com sua família, assessores e correligionários, afirmou após o resultado, em entrevista coletiva, que o resultado “já era esperado” e atribui o “bom” resultado do adversário, ao uso da máquina pública para se favorecer.

“Nós estamos sentindo e vivendo, ao nosso lado, o uso perverso da máquina, a cooptação perversa, o uso de helicópteros oficiais da Ciopaer, que deveria estar vigiando e deveria fazer com que o Estado não tivesse cerca de 60 assaltos a banco por dia”, criticou.

Para o peemedebista, a votação acirrada demonstra que a população cearense não aprova a atual gestão. “Esse modelo está falido, se não tivesse falido tinha ganho as eleições com toda a pressão, com a máquina no primeiro turno”, disse.

Eunício Oliveira tornou a denunciar os ataques que sofreu ao longo da campanha eleitoral, onde muitos atingiram o lado pessoal de sua família. “Esse modelo da compra descarada de voto, de onde vem esse dinheiro, não são todos pobres? Ninguém nunca trabalhou lá, nunca tiveram um CGC”, retrucou, dando conta que seus adversários políticos vasculharam a sua vida desde 1976, do primeiro emprego até o dia de hoje. “Conseguiram contratar arapongas com dinheiro público, conseguiram contratar canalhas para fazer serviços sujos, conseguiram fazer muitas coisas, mas não conseguiram dobrar a vontade libertária do povo cearense”, afirmou.

A festa de Camilo
Já no comitê de Camilo Santana, localizado na Avenida Sebastião de Abreu, a coligação comemorou o resultado como se estivesse ganho a eleição. A chegada de Camilo Santana no local foi comemorada e aplaudida pelos militantes.

“Primeiro eu queria agradecer os mais de dois milhões de cearenses que votaram nesse projeto que eu e Izolda [Cela] representamos, me sinto honrado com o povo cearense nesse primeiro turno”, disse o petista, já comentando que as pesquisas trouxeram prognósticos errôneos sobre a sua candidatura.

“As pesquisas que nos surpreenderam mostram que houve um erro nas pesquisas, principalmente na de hoje (ontem), e cabe à população avaliar daqui para frente, o risco e o perigo das pesquisas eleitorais”, disse.

Camilo também ressaltou as ofensas que sofreu durante a campanha eleitoral e reverberou que a verdade venceu a mentira, o bem venceu o mal no primeiro turno e afirmou estar com muito mais energia para enfrentar o segundo turno.

Cid
Após ter se licenciado do cargo para dedicar-se à campanha do petista, o governador Cid Gomes Gomes (Pros) afirmou que irá assumir , hoje, os trabalhos no Palácio da Abolição, contudo, continuará a se dedicar nos finais de semana à campanha do petista.

O governador também rebateu as críticas de Eunício Oliveira ao afirmar que estava utilizando a máquina pública. “Nós fomos vítimas hoje, aqui em Fortaleza, e em muitos lugares do interior, onde funciona uma milícia, prendendo direcionadamente militantes da campanha do Camilo, eu que estou usando a máquina? Me perdoem.”, disse apontando ser “mais uma mentira” de Eunício. “O Eunício mente que só cachorro acua a alma”, pontuou.

De acordo com o governador, o desafio no segundo turno será mostrar a Fortaleza, “quem é Eunício Oliveira”.

Atualizada às 01h55


Curtir: