Eleições 2014

Camilo Santana disputará governo pelo Pros; Vagas de vice e senador serão oficializadas na segunda

Cid e Camilo
Camilo Santana disputará governo pelo Pros; Vagas de vice e senador serão oficializadas na segunda. Foto: Assessoria

O deputado estadual Camilo Santana (PT) foi homologado neste domingo (29), durante convenção do Pros, para disputar o Governo do Estado. A escolha, segundo justificou o governador Cid Gomes, foi realizada em consenso com todos os partidos que visam reeleger a presidente Dilma Rousseff e aprofundar as políticas desenvolvidas em sua gestão.

Entretanto, os nomes do candidato a vice-governador e ao Senado ficaram para serem anunciados nessa segunda-feira (30).

“Eleição dura”
Cid Gomes, porém, reconhece que a disputa eleitoral “será dura” em referência ao senador Eunício Oliveira (PMDB) e fez comparação ao jogo Brasil e Chile. “Vai ser um jogo nervoso, jogo em que os nossos adversários não jogam na bola, jogam na canela, onde chutam da cintura para baixo”, salientou, classificando a aliança PMDB e PSDB de “cambalacho” com interesses pessoais, realizada por “sementes do ódio” apenas para se ganhar as eleições.

Mea-culpa
Cid ainda aproveitou para fazer uma mea-culpa, readmitindo qualquer culpa sobre as políticas que não surtiram efeito. “Qualquer erro, qualquer dificuldade, falha, eu assumo minha responsabilidade, mas eu não tenho compromisso, ao contrário, se errei, se não consegui acertar, e não consegui fazer o que muitos cearenses queriam que eu fizesse, não foi por omissão, má fé, não foi por não ter a determinação de servir ao povo cearense”, disse.

Camilo Santana
Último a discursar, Camilo agradeceu sua indicação e atribuiu o fato ao fortalecimento do projeto político do PT à nível nacional, onde o objetivo principal é a reeleição de Dilma Rousseff. Segundo ele, sua indicação unificou os petistas locais. “Por unanimidade, todos os membros do diretório que estavam presente, todos eles votaram a favor, por entender a importância do projeto que está em construção do Brasil e aqui no estado do Ceará”, completou.

E a oposição?
Questionado sobre seu adversário, Camilo disse: “na política não se escolhe candidatos. Vamos fazer um debate sincero, uma campanha limpa”, ressaltando que desejava estar unido ao PMDB. O petista disse, ainda, estar preparado para o desafio.

Luizianne Lins
Seu principal entrave, porém, é o apoio da ex-prefeita Luizianne Lins e, para isso, irá buscar o apoio da corrente ligada a petista. “Nunca tive nenhum problema com nenhuma tendência dentro do PT… Não tenho dúvidas de que Luizianne é muito sensata. Sabe da importância do projeto da Dilma e das mudanças que fizemos no Brasil e no Ceará”, pontuou.

99%
Nos bastidores, especula-se que Zezinho Albuquerque entra na disputa para vice-governador, Mauro Filho para a vaga no Senado Federal e Domingos Filho concorra à vaga para o Tribunal de Contas do Estado.


Curtir: