Ceará

Campanha pela Refinaria do Ceará chega a Sobral na quarta-feira

José Albuquerque endurece discurso e cobra refinaria para o Ceará. Foto: Kézya Diniz
José Albuquerque endurece discurso e cobra refinaria para o Ceará. Foto: Kézya Diniz

A campanha de mobilização da sociedade civil pelo início imediato das obras da Refinaria Premium do Ceará vai começar esta semana pelo município de Sobral. O presidente da Assembleia Legislativa do Ceará, deputado José Albuquerque (PSB), abrirá o ciclo de visitas regionais às 16 horas desta quarta-feira (05/06), no Espaço Saturno, do Cento de Convenções de Sobral.

A atividade envolverá representantes do empresariado, do poder público e da sociedade civil. Outros 11 municípios cearenses serão visitados em junho e julho.

Roteiro
Depois de Sobral, a campanha prosseguirá nos municípios de Tianguá, na quinta-feira (06/06); e de Crateús, na sexta-feira (07/06). José Albuquerque destaca a participação dos prefeitos e de todo setor produtivo nessa mobilização. De acordo com ele, é fundamental o engajamento de todos os cearenses.

Compromisso
O presidente da AL lembra que a Refinaria Premium do Ceará é um compromisso firmado há alguns anos pelo Governo Federal com o Ceará. “Até agora, a obra não saiu do papel. Chegou a hora de exigirmos que comece a ser construída. Vamos aos municípios, porque todos irão ganhar com o empreendimento. Ganha o Brasil, ganha o Ceará, ganham todos os cearenses”, completa.

Desenvolvimento
José Albuquerque também ressalta o poder de desenvolvimento que a obra vai proporcionar. “Os benefícios econômicos e sociais que a Refinaria Premium do Ceará trará para o Estado serão gigantescos. Outras empresas serão atraídas para o nosso Estado, gerando empregos, aumentando a arrecadação de impostos e promovendo a melhoria das condições de vida da nossa população”, aponta.

Quando começar a operar, informa José Albuquerque, a refinaria terá um faturamento da ordem de R$ 95 milhões/dia. “O Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) deverá dobrar, com a refinaria gerando sozinha mais de R$ 7 bilhões ao ano em recursos para o Estado investir em educação, moradia, segurança e muitas outras áreas”.

Refinaria
Nas refinarias, o petróleo é transformado em combustíveis e em uma matéria-prima chamada nafta, que é utilizada em outras indústrias, chamadas petroquímicas. Hoje, o Brasil possui 11 refinarias e três petroquímicas refinando quase 383 milhões de litros de petróleo por dia. “Mesmo assim, o País ainda importa combustíveis”, enfatiza José Albuquerque.

Demanda
De acordo com ele, a demanda de produtos derivados de petróleo cresce no Brasil a uma taxa de 4,2% ao ano, o que significa que em 2020 chegará a mais de 537 milhões de litros por dia, e, caso não haja construção de novas refinarias, o Brasil terá um déficit diário de 154 milhões de litros, precisando importar 29% dos derivados utilizados no País. “A nossa refinaria terá capacidade de processar 47,7 milhões de litros de petróleo por dia. O projeto será diferenciado das demais refinarias do País, produzindo principalmente óleo diesel de baixo teor de enxofre”, comenta José Albuquerque.

Calendário
Confira abaixo o cronograma de reuniões nos municípios que receberão a campanha:

  • 05/06: Sobral
  • 06/06: Tianguá
  • 07/06: Crateús
  • 13/06: Quixadá
  • 14/06: Limoeiro do Norte
  • 20/06: Crato
  • 21/06: Iguatu
  • 27/06: Baturité
  • 28/06: Aquiraz
  • 04/07: Itapipoca
  • 05/07: Camocim
  • 15/07: Fortaleza

 Com informações da Assessoria


Curtir: