Nacional

Carrinho de Compras: Câmara gasta R$ 5,7 mil com manutenção da fachada dos apartamentos funcionais 17 de maio de 2015

Carrinho de Compras: Câmara gasta R$ 5,7 mil com manutenção da fachada dos apartamentos funcionais 17 de maio de 2015
Carrinho de Compras: Câmara gasta R$ 5,7 mil com manutenção da fachada dos apartamentos funcionais 17 de maio de 2015

Em tempos de ajuste fiscal, a Câmara dos Deputados vai gastar R$ 5,7 mil com materiais para manutenção das fachadas dos apartamentos funcionais e do complexo da Casa. Com o montante, serão adquiridos equipamentos para o trabalho em altura, tais como cadeiras suspensas, cintos paraquedistas e capacetes de segurança. O levantamento é do portal Contas Abertas.

O órgão vai comprar duas cadeiras suspensas, ao custo unitário de R$ 1,9 mil, quatro capacetes (R$ 484,00), 10 unidades de mosquetão (R$ 472,80) e 270 metros de corda trançada (R$ 909,90).

Pen Cards
A Pasta ainda reservou R$ 6,3 mil para a aquisição de 300 unidades de Pen Cards personalizados, com impressão em ambos os lados. Cada armazenador tem capacidade de 4 GB de memória e sairá por R$ 20,90.

Supremo
O Supremo Tribunal Federal (STF), por sua vez, empenhou (comprometeu em orçamento para pagamento posterior) R$ 3,6 mil para a compra de dois liquidificadores industriais. Os eletrodomésticos são feitos de aço inox, possuem capacidade para 15 litros e não permitem o acúmulo de resíduos de alimentos.

STJ
Ainda dentro das compras do Poder Judiciário, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) reservou R$ 2,2 mil em orçamento para a aquisição de cinco unidades de GPS. Os navegadores são da marca Discovery Channel e custarão R$ 450,00, cada.

Veículos
Os GPS adquiridos pelo Tribunal poderão ser usados nos novos veículos que órgão vai adquirir. Serão incorporadas à frota do STJ duas vans e três caminhões, por R$ 610 mil. Segundo o órgão, a intenção da compra é substituir os veículos antigos do órgão, que apresentam elevada quilometragem e longo tempo de uso. Os anos de fabricação dos automóveis variam de 2002 a 2004.

Complementarão a frota, três caminhões brancos cabine simples, com capacidade pra três pessoas e duas vans também brancas, para 15 pessoas. Todos os veículos serão a diesel e sairão por R$ 410 mil e R$ 200 mil, respectivamente.

Tudo OK!
O levantamento é do portal Contas Abertas. A publicação ressalta que, a princípio, não existe nenhuma ilegalidade nem irregularidade neste tipo de gasto feito pela União e que o eventual cancelamento de tais empenhos certamente não ajudaria, por exemplo, na manutenção do superávit do governo ou em uma redução significativa de despesas.

A intenção de publicar essas aquisições é popularizar a discussão em torno dos gastos públicos junto ao cidadão comum, no intuito de aumentar a transparência e o controle social, além de mostrar que a Administração Pública também possui, além de contas complexas, despesas curiosas.

Com informações do portal Contas Abertas


Curtir: