Nacional

Carrinho de Compras: Senado gasta R$ 156 mil com porteiros para apartamentos funcionais

Carrinho de Compras: Senado gasta R$ 156 mil com porteiros para apartamentos funcionais

Nesta semana, o Senado Federal garantiu a continuidade dos serviços de portaria para os apartamentos funcionais da Casa.

Foram empenhados R$ 156 mil para prorrogar de 27 de agosto até o final do ano o contrato com Hpex Apoio Administrativo Eireli. Os porteiros trabalham em escala de 12 horas por 36 horas de descanso

De acordo com o portal de transparência do Senado, é o 4º termo aditivo para garantir a contratação de empresa especializada para a prestação de serviços de portaria nas Residências Oficiais do Senado, localizadas nos blocos C, D e G da quadra 309 sul, em Brasília.

Os 12 porteiros, divididos entre diurnos e noturnos, também exercem atividades de recepção, triagem de pessoas e correspondências.

Computadores
O Senado também empenhou R$ 145,8 mil para a compra de 54 notebooks. Os microcomputadores possuem memória de 8 GB e tela de LED de 15,6 polegadas.

Cuidados com a frota
O Superior Tribunal de Justiça (STJ) reservou R$ 11,8 mil para a prestação de serviços de gerenciamento, controle e gestão da manutenção preventiva e corretiva para os veículos pertencentes à frota da representação da Corte em São Paulo. No valor estão incluídos o fornecimento de peças e acessórios, serviços de mecânica geral, funilaria, pintura, eletricidade, tapeçaria, borracharia, vidraçaria, balanceamento de rodas, alinhamento de direção, revisões, lubrificantes, aditivos e demais insumos e serviços que se fizerem necessários para os carros.

Ambiente
A Câmara dos Deputados, por sua vez, reservou R$ 500 mil para o fornecimento e instalação de unidade resfriadora de líquido para a central de ar condicionado do Anexo II da Casa. O pedido foi realizado pelo departamento de tecnologia da Câmara.

R$ 50 mil em fumaça
A Câmara dos Deputados reservou R$ 51,8 mil para o fornecimento de 100 litros de fluído para máquina geradora de fumaça. O valor servirá para o treinamento de prevenção e combate a incêndio. A compra foi realizada a pedido do Departamento de Polícia Legislativa da Casa.

Luminárias
O Superior Tribunal Militar reservou R$ 2,8 mil para a compra de 20 luminárias de embutir; com 2 lâmpadas fluorescentes tubulares. As peças possuem corpo em chapa de aço fosfatizada e pintada eletrostaticamente, refletores e aletas parabólicas em alumínio anodizado de alta pureza e refletância.

Tudo OK!?
O levantamento é do portal Contas Abertas. A publicação ressalta que, em princípio, não existe nenhuma ilegalidade nem irregularidade neste tipo de gasto feito pela União e que o eventual cancelamento de tais empenhos certamente não ajudaria, por exemplo, na manutenção do superávit do governo ou em uma redução significativa de despesas.

A intenção de publicar essas aquisições é popularizar a discussão em torno dos gastos públicos junto ao cidadão comum, no intuito de aumentar a transparência e o controle social, além de mostrar que a Administração Pública também possui, além de contas complexas, despesas curiosas.

Com informações do portal Contas Abertas


Curtir: