Nacional

Carrinho de Compras: STF gasta R$ 30 mil com açúcar

Carrinho de Compras: STF gasta R$ 30 mil com açúcar

É preciso adoçar a vida de vez em quando. O Supremo Tribunal Federal, por exemplo, empenhou nesta semana R$ 29,6 mil para a compra parcelada de açúcar. Ao todo, foram adquiridos 1,8 mil pacotes de 5 kg de açúcar cristal (R$ 20,1 mil) e 3 mil pacotes de 1 kg de açúcar refinado.

O levantamento é do portal Contas Abertas.

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) empenhou R$ 6,5 mil para a compra de 1.500 pacotes de açúcar cristal de primeira qualidade da marca “Mamãe”. Cada pacote possui 2 kg, isto é, são 3 mil kg de açúcar ou 3 toneladas do suprimento. Haja cafezinho!

Melhoria para cadeiras
A Câmara dos Deputados reservou R$ 32,1 mil com itens para “melhorar” as cadeiras da Casa. Foram adquiridos 100 apoia-braços, 50 peças colunas tipo pistão, 50 bases, 250 rodízios em nylon e 50 mecanismo tipo relax, tudo para cadeiras da marca Cavalletti.

Maquiagem
Já o Tribunal Superior do Trabalho empenhou R$ 15,4 mil para a prestação de serviço profissional de maquilagem e de modelagem de cabelo de intérpretes, apresentadores e participantes de programas produzidos pelo TST com finalidade de transmissão em veículos de comunicação, majoritariamente na TV Justiça, com fornecimento de instrumentos de trabalho e produtos necessários para a execução dos serviços, para o período de 1° de janeiro a 29 de maio de 2017. O serviços são prestados nas dependências do TST.

Segurança
A Secretaria do Superior Tribunal de Justiça (STJ) reservou R$ 126,7 mil para a manutenção corretiva, preventiva e assistência técnica, com fornecimento de peças, componentes e acessórios para 17 equipamentos detectores de metais. A marca dos detectores é Detronix, que também foi a empresa contratada para realizar o serviço. O modelo dos equipamento é Mettus ASD.

Camas e colchões
O Senado Federal reservou quase R$ 20 mil para renovar camas e colchões. No valor estão incluídos R$ 4 mil para a compra de seis colchões de espuma para casal, R$ 5,5 mil para 10 conjuntos de cama box do tipo solteirão com colchão de molas, R$ 5,1 mil para seis conjuntos de camas box com colchão de molas (queen size), R$ 5,2 mil para 15 colchões de espuma solteiro.

Refrigeração
O Tribunal de Contas da União (TCU) reservou R$ 48,1 mil para a aquisição de aparelhos de ar condicionado. Foram comprados três equipamentos para expansão direta em ambientes não atendidos pelo sistema de ar condicionado central da Corte e 11 aparelhos de 22 BTU’s, do tipo split system, com controle remoto sem fio, três velocidades e ajuste de direção de fluxo de ar vertical.

Tudo OK!?
O levantamento é do portal Contas Abertas. A publicação ressalta que, em princípio, não existe nenhuma ilegalidade nem irregularidade neste tipo de gasto feito pela União e que o eventual cancelamento de tais empenhos certamente não ajudaria, por exemplo, na manutenção do superávit do governo ou em uma redução significativa de despesas.

A intenção de publicar essas aquisições é popularizar a discussão em torno dos gastos públicos junto ao cidadão comum, no intuito de aumentar a transparência e o controle social, além de mostrar que a Administração Pública também possui, além de contas complexas, despesas curiosas.

Com informações do portal Contas Abertas


Curtir: