Senado

Cearense está entre os 5 senadores que menos gastaram em 2011

Eunício Oliveira (PMDB-CE) está entre os que menos gastaram em 2011 (Foto: Divulgação)

O senador Eunício Oliveira (PMDB-CE) é um dos cinco parlamentares que não utilizaram a cota referente ao pagamento de locomoção, alimentação, escritórios políticos e divulgação das atividades dos senadores, em 2011. Os valores se referem à soma dos antigos R$ 15 mil de verba indenizatória mais a quantia equivalente a cinco passagens aéreas entre Brasília e o Estado de origem.

Dividiram a lanterna do ranking com Eunício, os senadores Cristovam Buarque (PDT-DF), Eduardo Braga (PMDB-AM), Lauro Antonio (PR-SE) e Rodrigo Rollemberg (PSB-DF).

“Gastadores”
Já a amazonense Vanessa Grazziotin (PCdoB) foi a que mais utilizou a verba indenizatória no ano passado. Os gastos chegaram a R$ 403.334,68, o que representa uma média mensal de R$ 36.666,79. Logo depois aparece Ciro Nogueira (PP-PI) que recebeu mais de R$ 369 mil.

Na média mensal, além de Vanessa e Ciro, outros quatro senadores gastam mais do que recebem como salário: Ângela Portela (PT-RR), Fernando Collor (PTB-AL), Sérgio Petecão (PSD-AC) e Wellington Dias (PT-PI). Hoje, além do salário de R$ 26.723,13, os senadores ainda têm auxílio- moradia de até R$ 3.800; atendimento médico sem limites para o parlamentar e a família; cota para envio de correspondência; impressão de papéis até R$ 8.500 na gráfica do Senado; uso de combustível em Brasília; e assinatura de jornais e revistas.

Leia mais:
“Pão e Circo”: Férrer critica gastos de R$7,1 milhões do governo Cid com shows e festas
Audiência discute gastos com reforma do PV nesta terça na Câmara

Nos jornais: Aliados cobram ‘pedágio’ de Dilma para liberar gastos

Redação Jangadeiro Online