Câmara dos Deputados

Cearenses garantem comando das Comissões de Agricultura e de Desenvolvimento Urbano da Câmara Federal

Dois cearenses garantiram vagas nas presidências de Comissões Permanentes da Câmara Federal. Domingos Neto (PSB) e Raimundo Gomes de Matos (PSDB) vão presidir grupos temáticos por onde passam matérias e são realizadas audiências públicas e debates antes das votações em plenário. As presidências dessas comissões são alvo de disputa entre partidos e representam lugar de destaque e prestígio entre os parlamentares.

Raimundo Gomes de Matos (PSDB)

Raimundo Gomes de Matos
O deputado Raimundo Gomes de Matos (PSDB-CE) foi eleito novo presidente da Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural. O tucano é médico e está em seu quinto mandato parlamentar consecutivo. Ele também foi vice-prefeito (1983-1988) e prefeito da cidade cearense de Maranguape (1989-1992) e trabalhou no Governo do Estado do Ceará como secretário de Ação Social (2003-2006).

Domingos Neto
Já o jovem deputado Domingos Neto (PSB-CE) foi indicado pela bancada do PSB na Câmara Federal para presidir a Comissão de Desenvolvimento Urbano da Câmara dos Deputados. A Comissão foi designada ao partido após reunião de líderes realizada na última terça-feira (6).

Domingos Neto (PSB)

Domingos Neto é filho do vice-governador do Ceará, Domingos Filho e foi o deputado federal mais votado do Ceará nas eleições de 2010.

A Comissão de Desenvolvimento Urbano foi criada em 1985 e examina as proposições legislativas relacionadas ao desenvolvimento urbano no Brasil, como o uso, parcelamento e ocupação do solo das cidades; habitação e seu sistema financeiro; infraestrutura e saneamento ambiental; trânsito e transportes públicos urbanos; e coleta de lixo e resíduos sólidos.

“É uma comissão importantíssima, inclusive quando se fala na questão urbana para deixar um legado. Trabalhamos em projetos como o PAC da mobilidade urbana, Minha Casa Minha Vida e outros assuntos estratégicos para a infra-estrutura urbana“, ressalta o parlamentar.

Com informações de Assessorias e da ‘Agência Câmara de Notícias