Ceará

Cerca de 43 mil cearenses têm benefício Bolsa Família bloqueado

Quase 43 mil famílias cearenses tiveram o benefício do Bolsa Família bloqueados, segundo dados do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) divulgados nesta terça-feira (13). O Ceará é o quinto Estado brasileiro com maior número de bloqueios.

O prazo de atualização cadastral dos beneficiários do Programa Bolsa Família foi prorrogado por um mês. Os municípios deveriam concluir o cadastramento até o dia 29 de fevereiro, mas, devido a adoção de um novo sistema de senhas, deixou o Cadastro Único indisponível por duas semanas. O prazo foi adiado até o dia 29 de março.

Entre janeiro e fevereiro deste ano, quase 100 mil famílias tiveram seus dados cadastrais atualizados pela gestão municipal do Bolsa Família. No entanto, restam 620.304 que precisam passar pelo mesmo processo

Cadastro revisado
Na revisão do cadastro, o beneficiário deverá informar mudança de endereço ou renda e a localização da escola em que as crianças da família estudam para que a frequência escolar possa ser acompanhada.

De acordo com o ministério, no início de cada ano o governo identifica os participantes cujo cadastro está há mais de dois anos sem atualização e comunica as famílias e o gestor local do Bolsa Família para que as informações sejam atualizadas.