Fortaleza
Atualizado em: 08/06/2011 - 6:04 pm

Da Redação do Jangadeiro On Line

O Diretor da Guarda Municipal de Fortaleza, Arimá Rocha, deu explicações, no programa Barra Pesada desta quarta-feira (08), sobre a atitude dos policiais da Guarda na manifestação dos professores  na Câmara de Vereadores.

Leia mais:
Confusão e pancadaria em protesto de professores
Clima tenso na Câmara dos Vereadores nesta terça-feira

Segundo Arimá, o dever da Guarda Municipal naquele momento era garantir a integridade física dos servidores e vereadores e permitir o funcionamento do Legislativo. A atitude de jogar spray de pimenta é o procedimento normal para conter multidões.

Refém
O chefe da Guarda lamentou o acontecido, mas alegou que não poderia deixar que a Câmara virasse refém dos manifestantes. Também afirmou que, pessoalmente, junto com o presidente da Câmara, Acrísio Sena, tentou, sem sucesso, negociar com os professores a abertura dos portões.

Acompanhe a entrevista do Diretor da Guarda Municipal, Arimá Rocha, ao jornalista Nonato Albuquerque.

Siga-nos e curta-nos:
RSS
Follow by Email
Twitter
Visit Us
Follow Me