Bastidores

“Chefe de quadrilha”: Cid diz que manterá acusação contra Temer

"Chefe de quadrilha": Cid diz que manterá acusação contra Temer. Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
“Chefe de quadrilha”: Cid diz que manterá acusação contra Temer. Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O ex-ministro da Educação e ex-governador do Ceará, Cid Gomes, afirmou na última quinta-feira (7) que vai manter a acusação que fez contra o vice-presidente Michel Temer durante convenção nacional do PDT, em 17 de outubro. Na ocasião, o chamou de “chefe da quadrilha de achacadores que assola o Brasil”.

O PMDB ingressou no dia 5 de novembro com uma representação criminal na Justiça Federal de Brasília contra o ex-governador cearense por crimes de calúnia, injúria e difamação.

Leia mais: 
Chamado de “chefe da quadrilha”, Temer entra com processo contra Cid e Ciro Gomes

“Muito menos o Brasil pode avançar se entregar a Presidência da República ao símbolo do que há de mais fisiológico e podre na política brasileira, que é o PMDB liderado por Michel Temer, chefe dessa quadrilha que achaca e assola o nosso País”, afirmou Cid durante o evento do PDT em outubro do ano passado.

Naturalmente
Ao repórter Igor Gadelha, do Estadão, Cid afirmou que “naturalmente” manterá a acusação contra o vice-presidente da República perante a Justiça.


Curtir: