Polêmica
Atualizado em: 10/05/2011 - 7:48 pm

O governador Cid Gomes reafirmou as criticas contra o Ministro dos Transportes, Alfredo Nascimento, durante entrevista coletiva concedida na tarde desta terça-feira (10). Sem recuar no tom das declarações, Cid Gomes trocou o “ministro” pelo “ministério”.

“O ministério é inepto, incompetente e desonesto. Tem uma tradição de desonestidade há muitos anos. Não é só de agora, há muitos anos. Reafirmo absolutamente o que disse. E o estado em que se encontram as BR’s aqui no Estado do Ceará mostram e, enfim, são testemunha do que eu tô falando”, disparou.

Leia também:
Ministro dos Transportes é fotografado em audiência com Cid Gomes
Ministro dos Transportes entra com ação no STJ contra Cid Gomes

Sentimento
O governador deixou claro que não quer saber de polêmica e nem de “ti-ti-ti”.

“O que eu quero e me sinto na obrigação é de expressar um sentimento de desconforto da população do estado do Ceará.  Eu não faço isso por agrado, não faço isso porque gosto de polêmica, não faço isso porque quero ganhar uma manchete de jornal. As pessoas sabem que sou uma pessoa muito mais discreta. Mas onde, onde eu chego, eu chego as pessoas vem reclamar pra mim“, ressaltou.

Situação
Cid Gomes disse que as BR’s 222, 020, 116 e o trecho do anel viário estão em situação “absolutamente inconveniente ou inadequada” e que estas rodovias precisam de uma ação do ministério dos Transportes.

Demissão
Já sobre a proposta de demissão do ministro Alfredo Nascimento, defendida por deputados estaduais na sessão da Assembleia Legislativa desta terça-feira (10) Cid Gomes preferiu não se manifestar.

“Quem demite ou admite ministro é a presidenta da República e eu não quero, de maneira nenhuma, entrar nessa esfera”, afirmou.

Sem diálogo
Cid Gomes reafirmou que não vai mais “procurar esse ministro porque eu já o procurei por diversas vezes e nunca vi consequência nos encontros que tive com ele , nas ações que foram tratadas”. Ele completou afirmando que vai “na primeira oportunidade que tiver” conversar com a presidente da República, Dilma Rousseff, para pedir uma atenção “especial” a questão das estradas do Ceará.

“É isso que precisa ser feito, no mais é disse me disse”, ponderou.

Acompanhe a entrevista de Cid Gomes:

Siga-nos e curta-nos:
RSS
Follow by Email
Twitter
Visit Us
Follow Me