Ceará

Cineasta Edu Felistoque apresenta documentário “Cracolândia” no Conexão Assembleia

Cineasta Edu Felistoque apresenta documentário “Cracolândia” no Conexão Assembleia

O programa Conexão Assembleia, da rádio FM Assembleia (96,7MHz), conversou, nesta segunda-feira (25/04), com o cineasta Edu Felistoque, que produziu o documentário “Cracolândia”.

Para fazer o levantamento, ele se infiltrou em grupos de usuários em busca de informações e conseguiu diversos relatos. “Naquele local as pessoas pedem ajuda com os olhos”, assinalou.

Edu Felistoque salientou que já existia muito material sobre uso de drogas e Cracolândia, mas muita coisa equivocada e ideológica. “Eu quis ter uma peça que pudesse não apenas ouvir o usuário, mas que também tivesse um viés social, político e científico. A minha busca é também abrir um debate com o público visando que essa discussão continue de forma permanente”, explicou.

Em entrevista à jornalista Kézya Diniz, ressaltou que locais como a Cracolândia, na cidade de São Paulo, estão cada vez mais comuns em diferentes regiões do mundo e podem ser considerados uma pandemia. Para ele, a problemática tem solução, mas carece da necessidade de ouvir cada um dos lados e saber como agir. “A solução passa pela escuta de cada um e envolve um trabalho em conjunto da inteligência policial, agentes sociais e poder público”, assinalou.

O trabalho dos agentes sociais, segundo observou, não muda de acordo com os governos. “São pessoas que estão lá há décadas, comprometidos. São heróis. A solução está na responsabilidade, no comprometimento e no investimento público”, avaliou.

Lei
O documentarista falou ainda sobre a lei que permite a internação compulsória de dependentes químicos, sancionada em 2019. Segundo ele, a lei é mal interpretada no Brasil, e a internação compulsória precisa ser utilizada com cautela e em conjunto com uma política de redução de danos.

“Não é jogar o usuário em qualquer canto. É preciso saber cumprir a lei de forma positiva, mas não é apenas internar. Não pode haver abusos. Ideal seria que assistentes sociais, obedecendo procedimentos adequados, realizassem as internações em casos de usuários que podem atentar contra a própria vida ou dos outros, até que, quando recuperassem a consciência, pudessem escolher se continuam internados”, frisou.

O filme “Cracolândia” está disponível em plataformas digitais para compra e locação. Por meio de diferentes pontos de vista, o documentário abre um debate a respeito da maior cena de uso aberto de crack do mundo: a Cracolândia paulistana.

Conexão
O Conexão Assembleia é um programa multiplataforma da rádio FM Assembleia (96,7MHz), transmitido nas redes sociais da Assembleia Legislativa do Ceará, no YouTube e no Facebook, às segundas-feiras, a partir das 8h. A produção é veiculada também na TV Assembleia, às segundas-feiras, às 20h30. O programa também fica disponível no podcast da emissora. Basta procurar o canal nas principais plataformas de áudio, como Spotify, Deezer, Apple Podcasts e Google Podcasts.

 


Curtir: