Bastidores

Ciro ameaça deixar Pros e diz que legenda coloca faca no pescoço de Dilma

Ciro ameaça deixar Pros e diz que legenda coloca faca no pescoço de Dilma. Foto: Tiago Stille/O Estado
Ciro ameaça deixar Pros e diz que legenda coloca faca no pescoço de Dilma. Foto: Tiago Stille/O Estado

Em conversa com jornalistas em Fortaleza, Ciro Gomes acusou a cúpula do Pros de fazer chantagem com a presidente Dilma Rousseff e ameaçou deixar a legenda. “Não aceito ficar em um partido que use a chantagem como ferramenta política”, desabafou Ciro.

“Faca do pescoço”
“Não vou aceitar que alguém coloque faca no pescoço da presidente Dilma para colocar um corrupto no Ministério da Integração”, completou Ciro, mandando um recado para o líder do Pros, deputado Givaldo Carimbão (AL). A afirmação de Ciro é uma reação a indicação do ex-secretário de Infraestrutura de Alagoas, Marcos Fireman, para comandar o Ministério da Integração Nacional.

Leia ainda:
Cid Gomes reage ao que chama de “chantagem” de dirigentes do Pros
Pros do Ceará está sob “intervenção branca” da Executiva Nacional

Ultimato
A cúpula do Pros deu ultimato à presidente Dilma de que deixaria o governo caso não fosse consumada saída do atual titular da pasta, ministro Francisco Teixeira. Esta semana, a cúpula do Pros reuniu-se com o ministro da Casa Civil, Aloisio Mercadante, para tratar do assunto. Porém, o governo pediu cautela.

Indicação
Além disso, Ciro negou que ele e o irmão, o governador Cid Gomes (Pros), tenham indicado Teixeira para o Ministério da Integração.

Com informações do G1/Blog Camaroti


Curtir: