Entrevista

Ciro chama equipe de Dilma de “fraquinha” e diz que derrota do PT em Fortaleza mostra Lula “não é Deus”

Ciro chama equipe de Dilma de “fraquinha” e diz que derrota do PT em Fortaleza mostra Lula “não é Deus”. Na foto, ele aparece durante entrevista ao programa Além da Notícia, da TV Jangadeiro

Com a disputa contra o PT em Fortaleza (CE) ainda espetada na garganta, o ex-ministro da Integração Nacional Ciro Gomes, do PSB, disse na quinta-feira (23) que a equipe de governo de Dilma Rousseff (PT) é “muito fraquinha”. Ele fez críticas diretas a três ministros — Alexandre Padilha (Saúde), Ideli Salvatti (Relações Institucionais) e Gleisi Hoffmann (Casa Civil) — e revelou ter recusado convite da presidente para integrar o primeiro escalão.

Lula não é Deus
O PSB disputou a prefeitura da capital cearense com Roberto Claudio, que venceu no segundo turno o petista Elmano de Freitas. “Lula foi lá e perdeu para se lembrar que não é Deus, apenas uma pessoa especial”, disparou Ciro. O ex-ministro esteve em Belo Horizonte para um encontro com pequenos empresários.

Sai da frente!
Sobre os ministros, disse que Ideli “não seria minha secretária particular para assuntos subalternos. Por qual razão foi colocada no cargo? Por petismo besta”. Já Alexandre Padilha foi chamado de “lobista do governo” que “negocia votos oferecendo emendas parlamentares”. Quanto à ministra da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, está convencido de que ela “não conhece as pessoas, não conhece a legislação, o Ministério Público e, quando aprender, o governo já terá terminado”.

Com informações do Correio Braziliense


Curtir: