Eleições 2014

Ciro Gomes recua e admite apoio a Eduardo Campos

Dilma se encontrará com Lula em SP para discutir protestos pelo país. Foto: Kézya Diniz
Dilma se encontrará com Lula em SP para discutir protestos pelo país. Foto: Kézya Diniz

Após fechar acordo de cessar-fogo com Eduardo Campos, o ex-ministro Ciro Gomes (PSB) elevou o tom das críticas ao governo federal e já acena com apoio à eventual candidatura presidencial do governador de Pernambuco e presidente nacional do PSB.

Leia aqui:
Em jantar com Ciro, Eduardo Campos sela cessar-fogo no PSB

Tá ruim
Para Ciro, a gestão Dilma é “muito ruim” e a economia do país se “deteriora” de “forma rápida e grave”, com possíveis consequências nas urnas em 2014. “Ela [Dilma] pode até chegar na eleição, mas não ganha do jeito que as coisas estão indo. O buraco das contas externas do Brasil é o maior da história”, disse.

Economia
O governo vem acumulando más notícias no front econômico. A inflação bateu 6,5% no acumulado de 12 meses, atingindo o teto da meta, o buraco das contas externas chegou a US$ 70 bilhões e o PIB (Produto Interno Bruto) cresceu apenas 0,6% no primeiro trimestre.

Com informações da Folha.com


Curtir:


3 thoughts on “Ciro Gomes recua e admite apoio a Eduardo Campos

  1. esse palhaço ta com medo da Dilma perder ,ou ja perdeu completamente a credibilidade, e essa familia é conhecida , quem da mais eles correm poara cima

  2. Estes palhaços ainda tem coragem de falar em política?
    Eles até ontem apoiavam a Dilma, agora que a coisa mudou as aves de rapinas estão alçando voos. Muito bonito isto.

Comments are closed.