Ceará

Ciro volta a chamar Capitão Wagner de “chefe de milícia”

Ciro volta a chamar Capitão Wagner de “chefe de milícia”
Ciro volta a chamar Capitão Wagner de “chefe de milícia”

O ex-ministro e atual secretario de saúde do Estado, Ciro Gomes (Pros), voltou a atacar o vereador Capitão Wagner (PR) nesta segunda-feira (09). Ao compartilhar uma informação em sua página pessoal no Facebook, o irmão do governador Cid Gomes (Pros) foi enfático:

“muito coerente pra quem faz sua imensa fortuna vendendo segurança privada nomear um vereador investigado por chefiar milícia pra secretario de segurança pública. Ou seja, um vereador, capitão chefe de delegados e coronéis e um chefe de milícia encarregado da segurança pública!”.

Convite
As declarações foram feitas depois de suposta conversa do senador Eunício Oliveira (PMDB), pré-candidato ao governo do Ceará, e o vereador Capitão Wagner. Segundo um gravação divulgada pela Tribuna do Ceará, Eunício teria convidado o republicano para ser vice na chapa encabeçada pelo PMDB, ou para assumir a secretaria de segurança, em caso de vitória na eleição para governador.

Não é a primeira vez
Ano passado, Ciro Gomes e Capitão Wagner já havia trocado acusações, depois de o irmão de Cid ter denunciado a existência de uma “milícia” dentro da PM, ligada ao narcotráfico e comandada pelo vereador– a quem chamou de “picareta” –, que estaria comandando ações políticas contra o Governo do Estado.

Leia aqui:
Ciro denuncia “milícia” na Polícia do Ceará, chama Wagner de picareta e diz que “cabeças rolarão” em caso de greve
Ciro diz que policiais devem isolar “quadrilha de milicianos do Wagner” ou consequências serão “drásticas”


Curtir: