Câmara Municipal

Começa corrida pelo comando da Câmara de Fortaleza

Vereador licenciado para assumir a secretário de Turismo, Salmito Filho pode voltar à Câmara como presidente. Ele está entre os mais cotados para sucessão de Walter Cavalcante
Vereador licenciado para assumir a secretário de Turismo, Salmito Filho pode voltar à Câmara como presidente. Ele está entre os mais cotados para sucessão de Walter Cavalcante

A nova formação da mesa diretora da Câmara Municipal de Fortaleza, com eleição marcada para 2 de dezembro, já começa a movimentar o Legislativo. Vereadores iniciaram as articulações de alianças e os debates sobre um novo formato para a eleição da Mesa Diretora.

Nos bastidores, pelo menos seis nomes já estão sendo cotados para comandar a Casa. Na tribuna, parlamentares já se pronunciaram na defesa da formação de uma chapa única, em que um consenso entre os vereadores decidiria o novo comando da Câmara.

Seis
Independente se a Casa terá chapa única, ou não, os parlamentares trabalham garantir apoio dos colegas na disputa. Nomes como os dos ex-presidentes do Legislativo, vereadores Carlos Mesquita (PMDB), Acrísio Sena (PT) e Salmito Filho (Pros), atualmente licenciado da Câmara para comandar a secretaria de Turismo de Fortaleza, estão entre os mais cotados para comandar a casa no biênio 2015-2016. A lista dos cotados também inclui o atual vice-presidente da Casa, José do Carmo (PSL); o 2° vice-presidente, Adail Júnior (Pros) e o 1° secretário, Elpídio Nogueira (Pros).

Salmito
A reportagem apurou que o nome de Salmito Filho vem sendo tratado como o mais cotado, podendo fazer até, caso a tese da chapa única ganhe força, que outros nomes, como o do vereador José do Carmo abram mão da disputa para apoiá-lo. O atual secretário também teria a simpatia do prefeito Roberto Cláudio para ocupar a vaga.

Segundo Salmito, ainda não há nenhuma articulação para ele voltar à Câmara para concorrer à presidência, mas ele afirma que já foi procurado, informalmente, por alguns vereadores. “Alguns vereadores já me procuraram, sugerindo e pedindo minha volta para a Câmara, mas não seria correto fazer qualquer tipo de articulação sem antes passar pelo prefeito, que me confiou à Secretaria de Turismo. Hoje, não estou fazendo nenhum tipo de reunião e nem de encontro, em torno desta possibilidade, estou desempenhando meu papel como secretário de Turismo de Fortaleza”, declarou.

Prioridades
Acrísio Sena prefere não se colocar como candidato e afirma que antes da eleição há outras prioridades a serem discutidas pela Câmara. “Eu acho ainda prematuro discutir nomes, temos que, primeiro, discutir qual o projeto que queremos para Casa, ampliar o diálogo com a sociedade. Então, eu creio que, antes dos nomes, seria fundamental construir essa plataforma”, defendeu.

Unidade
A defesa pela formação de chapa única na Câmara foi discutida, ontem, pelos vereadores Acrísio Sena e Fábio Braga (PTN). Os parlamentares defenderam o dialogo entre os vereadores e a construção de uma maior união dentro do parlamento.

“Meu apelo é pela unidade dos colegas vereadores em torno de uma candidatura que se comprometa a resgatar a imagem do trabalho legislativo. Eu vejo que estamos diante de um novo desafio, e retomar o dialogo entre os parlamentares e, principalmente, com a cidade poderá fazer com que a Casa funcione melhor, dê um passo à frente”, defendeu Acrísio.

Chapa única
O petista ainda afirmou que há uma grande possibilidade para a chapa unitária. Ele disse que já conversou com outros membros da Casa que também demonstraram interesse pela unidade. “O sentimento de todos é de construir a unidade, vamos discutir os melhores nomes e assim, poder apontar o melhor gestor. Cerca de quatro partidos tem a maioria da casa, a vontade politica de quatro partidos, que eu acredito que seja, pelo o que já andei conversando com alguns dos meus colegas, já pode definir pela unidade”, especulou.

Com informações do OE


Curtir: