Ceará

Comissão da AL debate reforma da previdência no Crato

Comissão da AL debate reforma da previdência no Crato

A Comissão de Agropecuária da Assembleia Legislativa do Ceará está dando continuidade à série de debates nas macrorregiões do Estado sobre o projeto da Reforma da Previdência (PEC 287), em tramitação no Congresso Nacional, realizando audiência pública nesta terça-feira (28/03).

O encontro vai acontecer às 9 horas, na Escola Estadual de Educação Profissional (EEEP) Maria Violeta Arraes, do bairro Pimenta, no município de Crato.

Rejeição
Conforme o presidente da Comissão, Moisés Braz (PT), “a reforma da Previdência está sendo rejeitada por todos os trabalhadores brasileiros rurais e urbanos nas ruas, na imprensa e em todas as esferas da sociedade, pois atinge em cheio direitos conquistados por milhões de brasileiros após anos de luta”.

“Perversidade”
O deputado, ao ter como referência o trabalho no campo, declara “tratar-se de uma perversidade”, que inviabiliza o acesso dos trabalhadores e trabalhadoras rurais à aposentadoria na medida em que eleva a idade de acesso a esse benefício para 65 anos e equipara essa mesma idade para homens e mulheres. “Isso significa negar a realidade e as condições de trabalho a que são submetidos os agricultores e as agricultoras, cuja expectativa de vida, em muitos municípios, não chega a 70 anos de idade”, afirma Moisés Braz.

Programação
As audiências públicas fazem parte da programação do Colegiado e seguem até o dia 12 de abril. O último encontro aconteceu no dia 25 deste mês, na Câmara Municipal de Tauá. As próximas serão em Redenção (07/04), Itapipoca (11/04) e Limoeiro do Norte (12/04).

Com informações da AL


Curtir: