ALEC

Comissão da AL debate violência contra mulheres

Audiência atende a solicitação do deputado Renato Roseno
Audiência atende a solicitação do deputado Renato Roseno

A pedido do deputado estadual Renato Roseno (Psol), a violência contra as mulheres no Ceará será debatida nesta quarta-feira (30/03), às 14h30, pela Comissão de Direitos Humanos e Cidadania da Assembleia Legislativa. O debate será realizado no Complexo das Comissões Técnicas da Casa.

O parlamentar argumenta que é alto o índice de feminicídios no Ceará. Segundo ele, o Ceará ocupa hoje o 6º lugar no ranking dos estados onde mais morrem mulheres no País, e o 3º da região Nordeste. Roseno acrescenta que o Ceará possui uma média de cinco crimes sexuais por dia. “A violência física e a sexual são as expressões mais perversas do machismo. É preciso buscar saídas que possam garantir a vida, a liberdade e a dignidade de todas as mulheres”, ressalta.

Estrutura
O parlamentar também lamenta o número insuficiente de delegacias da mulher. De acordo com o deputado, “apenas nove municípios contam com delegacias especializadas. Além disso, só existem Juizados de Violência Doméstica e Familiar contra a mulher nas comarcas de Fortaleza e Juazeiro do Norte, criados pela Lei Estadual 13.925/2007.”

Convidados
Entre os convidados para debate, estão o Observatório da Violência contra a Mulher da Universidade Estadual do Ceará (Observem-Uece), Coordenadoria Estadual de Políticas Públicas para as Mulheres, Coordenadoria Municipal de Políticas Públicas para a Mulher de Barbalha, Coordenadoria Municipal de Políticas para as Mulheres de Barreira, Coordenadoria Especial de Políticas para as Mulheres de Fortaleza.

Além de representantes das delegacias especializadas de defesa da mulher, Promotoria de Justiça de combate à violência doméstica e familiar contra a mulher, Juizado da Mulher das Comarcas de Fortaleza e Juazeiro do Norte, Movimentos Mulheres em Luta, Fórum Cearense de Mulheres, entre outros.

Com informações da AL


Comentários: