Ceará

Comissão de Agropecuária debate plano agroecológico nesta terça-feira

Comissão de Agropecuária debate plano agroecológico nesta terça-feira
Comissão de Agropecuária debate plano agroecológico nesta terça-feira

A Comissão de Agropecuária realiza, nesta terça-feira (29/09), audiência pública para debater o plano agroecológico e a impulsão de uma política pública de agroecologia participativa para o Ceará pelo Governo Estadual.

O evento acontece às 14h30, no Complexo de Comissões Técnicas da Casa. O debate atende à solicitação dos deputados Moisés Braz (PT), Elmano de Freitas (PT) e Renato Roseno (Psol).

Em debate
Conforme ressaltam os parlamentares, o avanço do agronegócio no Ceará tem implicado a intensificação agrícola, que falha em assegurar uma produção de alimentos abundante e segura para toda as pessoas. Além disso, o problema foi impulsionado com a suposição de que se disporia de água suficiente e energia barata, mas essa ideia acabou prejudicada com a mudança climática.

“A realização da audiência pretende dar oportunidade a trabalhadores rurais, agricultores familiares, assentados e reassentados da reforma agrária, pescadores, indígenas, quilombolas, pesquisadores e estudantes de impulsionar o debate público na formulação e execução de políticas de desenvolvimento agroecológico de forma autônoma e participativa”, explica o deputado Elmano Freitas.

Propostas
Segundo o deputado Renato Roseno, o movimento Ceará Agroecológico formulou as bases de um plano agroecológico e uma proposta de arquitetura institucional para sua implantação no Ceará que serão apresentados nesta audiência à sociedade cearense.

Convidados
Foram convidados para a audiência os representantes do Fórum Cearense pela Vida no Semiárido/Articulação do Semiárido (ASA), Comissão Estadual de Quilombo Rural do Ceará (Cequirce), Coordenação das Organizações dos Povos Indígenas no Ceará (Copice), Movimento das Pescadoras e Pescadores do Ceará (MPP), Movimento dos Sem Terra (MST), Secretaria de Desenvolvimento Agrário do Estado do Ceará (SDA), Secretaria do Meio Ambiente do Estado do Ceará (Semace) e Secretaria de Educação do Estado do Ceará (Seduc).

Com informações da AL


Curtir: