Ceará

Concessão irregular de habeas corpus: Procurador Geral solicita informações ao TJCE

Ricardo Machado é o procurador geral de Justiça do Ceará
Ricardo Machado é o procurador geral de Justiça do Ceará

O procurador-geral de Justiça, Ricardo Machado, solicitou na terça-feira (15), cópia das informações que apontam para a suposta participação de membros do Ministério Público Estadual em eventuais irregularidades nas concessões de liminares, em habeas corpus, a fim de que sejam adotadas as providências devidas.

A solicitação foi enviada ao presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Ceará, desembargador Luiz Gerardo de Pontes Brígido. Tais liminares teriam sido concedidas durante os plantões judiciários.

Leia aqui:
Esquema de venda de habeas corpus é revelado no Ceará; Liminar custa até R$ 150 mil

Sem citar nomes, o presidente do TJCE informou, em entrevista aos órgãos de comunicação, que existem elementos indicativos da suposta participação de um ou dois membros do Ministério Público nos procedimentos até então já instaurados.

Conluio
Os membros do MP teriam agido em conluio com dois desembargadores, alguns servidores e, também, advogados. No intuito de esclarecer a questão, o procurador-geral de Justiça aguarda o envio do material para proceder à apuração dos fatos de maneira célere.


Curtir: