Mensalão

Condenado pelo Mensalão, Genoino pode tomar posse como deputado na próxima semana

Mensalão: STF condenou o cearense José Genoino com 6 anos e 11 meses de prisão

A Secretaria-Geral da Mesa da Câmara Federal recebeu na quinta-feira (27) o pedido de renúncia do deputado Carlinhos Almeida (PT-SP), o que abre espaço para que o ex-presidente nacional do PT e réu condenado no julgamento do mensalão, José Genoino, tome posse como parlamentar já na próxima semana.

Janeiro
Segundo informações da Câmara, o documento pede a desincompatibilização de Almeida do mandato a partir do dia 1º de janeiro, quando assume como prefeito de São José dos Campos (SP).

Condenado
Genoino foi condenado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, e a uma pena de 6 anos e 11 meses de prisão em regime semiaberto, mais o pagamento de R$ 468 mil em multas.

Leia ainda:
STF condena José Dirceu a 10 anos e 10 meses de prisão por Formação de Quadrilha e Corrupção Ativa
STF pune o cearense José Genoino com 6 anos e 11 meses de prisão 
Mensalão: Delúbio tem penas de quase nove anos de prisão

Lista
Ele é o primeiro da lista para assumir um posto na coligação formada nas eleições de 2010, segundo dados levantados pela Câmara. O ex-presidente do PT é o segundo suplente da coligação, mas o primeiro, Vanderlei Siraque (PT-SP), assumiu como deputado federal na vaga deixada por Aldo Rebelo, atual ministro do Esporte.

Direito
O presidente da Câmara, deputado Marco Maia (PT-RS), vem defendendo que Genoino tem o direito de assumir o posto mesmo após o STF ter determinado a perda dos diretos políticos dos condenados no julgamento do mensalão. Para Maia, as decisões da corte só valem após o processo ter sido transitado em julgado.

Com informações da Folha.com


Curtir: