Polêmica
Atualizado em: 19/04/2011 - 4:21 pm

Vereador João Alfredo (Psol) quer levar o caso ao Ministério Público.

A oposição protestou mas não teve jeito. A Câmara Municipal de Fortaleza acabou aprovando, nesta terça-feira (19) o projeto de lei, de autoria do Executivo, que estabelece diretrizes para realização da Operação Urbana Consorciada do Sítio Tunga.

Placar
Foram 23 votos a favor, cinco contra e uma abstenção. De acordo com o mensagem, a prefeitura fica autorizada a permutar um terreno, a quem pertence o Sítio Tunga, no bairro Luciano Cavalcante, com uma construtora, proprietária de uma outra área localizada no bairro Passaré.

Ministério Público
O vereador João Alfredo (PSOL) apontou falhas na avaliação ambiental e disse que a operação fere a Lei Orgânica do Municípioda, a  Lei de Parcelamento Urbano, o Plano Diretor e o Estatuto da Cidade. Com a aprovação da matéria, o parlamentar confirmou que vai levar o caso para o Ministério Público.

Suspeita
O vereador Plácido Filho (PDT) levantou suspeitas sobre os laudos anexados ao projeto. Para o líder da oposição, a Prefeitura pretende beneficiar empresários com a troca do terreno.

Vantagens
Já o líder da prefeita, vereador Ronivaldo Maia (PT), disse que o consórcio será bom tanto para o município quanto para os empresários, uma vez que serão realizadas benfeitorias na área.

Acompanhe a matéria:

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=MFfhbZsTitg&feature=related[/youtube]

Siga-nos e curta-nos:
RSS
Follow by Email
Twitter
Visit Us
Follow Me