Corrupção

Construtor confirma propina no Minha Casa Minha Vida

Construtor confirma propina no Minha Casa Minha Vida
Construtor confirma propina no Minha Casa Minha Vida

Pedágio inviabilizou em alguns casos a construção de moradias populares. Uma empresa relata ter repassado mais de R$ 500 mil à RCA, firma de ex-servidores do Ministério das Cidades investigada por fraudes no programa. A informação é do jornal O Globo.

Propina
Pequenos construtores contratados para fazer moradias populares em municípios com menos de 50 mil habitantes relataram ao O Globo que, para participar do Minha Casa Minha Vida, precisavam pagar propinas que variavam de 10% a 32% do valor do imóvel.

Esquema
Segundo a denúncia, os pagamentos eram negociados por Daniel Nolasco, ex-diretor de Produção Habitacional do Ministério das Cidades e filiado ao PCdoB. Ele é sócio da RCA, investigada por montar um esquema de fachada para fraudar o programa federal.

“Pontuais”
A empresa afirma que não exigia pagamento e que apenas “em casos pontuais” as construtoras precisaram contratar assistência técnica para realizar as obras.

Com informações de O Globo


Curtir: