Bastidores

Contas Abertas mostra que “carrinho de compras” do Poder Público vai de cadeira de rodas a bloquinho de notas

Carrinho de Compras: Presidência compra cadeiras de rodas por R$ 14,2 mil para autoridades
Carrinho de Compras: Presidência compra cadeiras de rodas por R$ 14,2 mil para autoridades

A Secretaria de Administração da Presidência comprará por R$ 14,2 mil duas cadeiras de rodas para descidas de escadas em “situações de emergência”. Os equipamentos serão usados na Residência Oficial da Granja do Torto e no Palácio da Alvorada, bem como nas aeronaves presidenciais, ambulâncias e em atendimentos nas viagens oficiais de autoridades da Presidência da República.

No carrinho
O Portal Contas Abertas fez, ainda, o levantamento de outros itens no carrinho de compras do poder público. Acompanhe abaixo:

Bicicletas
Para ir ao Senado Federal, os visitantes e funcionários poderão utilizar as “magrelinhas”. A casa pretende comprar 16 suportes para bicicletas (paraciclo) em modelo “U” invertido ou “estacionamento de bicicleta” por R$ 3 mil.

Senado
O Senado ainda gastará R$ 44,2 mil em um curso de gestão avançada (APG) da empresa Amana-Key. O Programa já tem mais de duas décadas desde a criação e considerado o curso mais inovador na área de educação executiva no mundo todo. Geralmente, os principais executivos se reúnem num workshop de um a dois dias integrais, com os especialistas da Amana-Key, para rever os planos de evolução estratégica da organização como um todo, tendo por base os insights que tiveram durante o programa.

Comando Aéreo
O VI Comando Aéreo Regional, por sua vez, entrará em forma. O órgão comprará 50 jogos de caneleira e dois suportes para halteres (suporte para pesos de academia) por R$ 2 mil. Os materiais são das marcas SS Fitness e Uplift, respectivamente. As caneleiras geralmente são usadas em aulas de Jump e jogos de futebol.

Ternos
A Secretaria-Geral do Exército comprará 26 ternos completos por R$ 6,4 mil. O conjunto será composto de um paletó e uma calça, sob medida. O tecido tropical com 65% de poliéster e 35% de viscose tem três botões e seis bolsos. Esse tipo de tecido é considerado ótimo para ser usado em climas quentes, pois é bem leve.

Bloquinhos
Além disso, a Secretaria deve adquirir 80 blocos de anotação, com caneta metálica e pen drive de 4 GB, ao custo de R$ 6,8 mil. Os bloquinhos serão de couro legítimo. Os kits servirão, segundo o órgão, para “atender às necessidades de material de consumo da vida vegetativa da Secretaria-Geral do Exército”.

Garrafinha
Ao que parece, “muitos” terão uma garrifinha térmica no Grupamento de Apoio de Brasília. O órgão comprará 250 garrafas de 500 ml cada, em aço inoxidável, com bico por R$ 7,2 mil. Os reservatórios mantém a temperatura por até seis horas, e virão com a gravação da logo da unidade a laser. De forma unitária, elas custarão R$ 28,99.

Eletrônicos novos
Além disso, o Grupamento contratará a empresa Green It Informática LTDA, para fornecer 81 computadores por R$ 281,6 mil. A empresa é especializada no fornecimento de eletrônicos para serviços públicos e é parceira da Lenovo. Mais 60 televisões de 32 polegadas, da marca LG serão instaladas na Câmara dos Deputados. A Casa gastará R$ 51,2 mil nos aparelhos de LCD ou LED e de qualidade de imagem full HD.

Carrinho de Compras
Ao publicar o “carrinho de compras”, o portal Contas Abertas destaca que as informações não configuram necessariamente nenhuma irregularidade. “Vale ressaltar que, a princípio, não existe nenhuma ilegalidade nem irregularidade neste tipo de gasto feito pela União e que o eventual cancelamento de tais empenhos certamente não ajudaria, por exemplo, na manutenção do superávit do governo ou em uma redução significativa de despesas. A intenção de publicar essas aquisições é popularizar a discussão em torno dos gastos públicos junto ao cidadão comum, no intuito de aumentar a transparência e o controle social, além de mostrar que a Administração Pública também possui, além de contas complexas, despesas curiosa”, diz o CA.


Curtir: