Bastidores

Contrariado, Roberto Pessoa pode deixar o PSB

A decisão pode ser tomada caso o deputado Danilo Forte assuma a presidência estadual do partido. Roberto Pessoa trocou o PR pelo PSB em julho deste ano
A decisão pode ser tomada caso o deputado Danilo Forte assuma a presidência estadual do partido. Roberto Pessoa trocou o PR pelo PSB em julho deste ano

Contrariado, o ex-prefeito de Maracanaú Roberto Pessoa avalia deixar o PSB, dois meses após se filiar ao partido. Isso porque, nos bastidores, o deputado federal Danilo Forte, que se filiará à legenda na sexta-feira (11), na Assembleia Legislativa, assumirá a presidência regional da legenda.

Na quarta-feira (09), Roberto Pessoa assim reagiu em conversa com jornalistas: “transferir o cargo para outra pessoa sem combinar nada, esquecendo a nossa dedicação, foi muito ruim”. Ele, no entanto, disse achar estranho que a mesma presidência que lhe recebeu “com festa” tenha passado “por cima de tudo”, entregando o cargo a Danilo.

Em conversa com o jornal O Estado, Pessoa afirmou que aguardará o desenrolar dos fatos, para definir se permanecerá na legenda. Mas, em poucas palavras, acrescentou que sua passagem pela sigla contribuiu para manter afastados os irmãos Ferreira Gomes do PSB.

Entusiasmo
Pessoa disse ainda ter perdido o entusiasmo que vinha trabalhando para fortalecer o partido para a disputa eleitoral de 2016, tanto na Capital quanto no interior. “Não posso esconder a insatisfação dessa mudança sem qualquer explicação”, disse, acrescentando que “todos nós procuramos melhorar, queremos galgar cada vez mais, mas tudo isso sem consideração a quem vinha se dedicando pelo fortalecimento do partido é inaceitável”.

Danilo
Pessoa reconhece a liderança de Danilo Forte, citando ser eleito duas vezes deputado federal e com expectativa de se candidatar à Prefeitura de Caucaia no ano que vem. Com pouco espaço no PMDB e vendo o PSB do Ceará sem um deputado com mandato, Danilo acredita que poderá seguir novos rumos, segundo informações nos bastidores. O parlamentar, por sua vez, ainda não teceu comentários sobre o assunto.

A articulação para a ida de Danilo ao PSB, segundo informações da assessoria, foi feita desde 2013, pelo então presidente nacional do partido, o ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos – falecido no ano passado. O convite, agora então, partiu do atual presidente Carlos Siqueira e pelas lideranças do PSB-Ceará, dentro da estratégia de fortalecimento do partido em todos os estados brasileiros.

Férrer
Ainda assim, Pessoa comentou a filiação do deputado estadual Heitor Férrer, hoje no PDT. Ele observou que a migração de Ferrer só acontecerá após os irmãos Ferreira Gomes se filiarem ao PDT, deixando claro que é sua opinião é “pessoal”. Contudo, segundo ele, o convite foi encaminhado à imprensa pela direção nacional da legenda e, portanto, ela que deve, ou não, manter a data da filiação do pedetista no PSB.

Sem discussão
Procurado pela reportagem, o presidente do PSB nacional, Carlos Siqueira, disse, por meio de sua assessoria, que a tratativa envolvendo o deputado Danilo Forte à presidência estadual da sigla não está em discussão no partido. Portanto, não há troca de comando.

Com informações do OE


Curtir: