Corrupção

CPI da Petrobras contrata Kroll para rastrear dinheiro enviado ao exterior

Ex-diretor da Petrobras Renato Duque presta depoimento em CPI na Câmara dos Deputados. Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Ex-diretor da Petrobras Renato Duque presta depoimento em CPI na Câmara dos Deputados. Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Petrobras, da Câmara dos Deputados, fechou contrato com a empresa Kroll, sediada nos Estados Unidos, para investigar e identificar recursos desviados da empresa para contas no exterior.

Sem licitação
A informação é da secretaria da CPI e foi confirmada, na noite de quinta-feira (26), pelo presidente da comissão, Hugo Motta (PMDB-PB), que havia anunciado a intenção de contratar a empresa no dia 5 de março. O contrato foi feito sem licitação, sob a justificativa do critério de “inexigibilidade”, por se tratar de serviço específico.

De volta
A expectativa é que a empresa descubra e ajude a repatriar os valores desviados da Petrobras pelos ex-funcionários e pessoas envolvidas no esquema de corrupção e pagamento de propina investigado pela Operação Lava Jato.

Kroll
A Kroll é conhecida por sua atuação na CPI do caso PC Farias, em 1992, que levou à renúncia do então presidente e hoje senador Fernando Collor (PTB-AL).

Com informações da EBC


Curtir: