ALEC

CPI do DPVAT ouve depoimentos de funcionárias do Samu nesta terça

CPI do DPVAT ouve depoimentos de funcionárias do Samu nesta terça. Foto: Divulgação
CPI do DPVAT ouve depoimentos de funcionárias do Samu nesta terça. Foto: Divulgação

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Assembleia Legislativa que investiga fraudes no Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores (DPVAT) no Ceará ouvirá, na tarde desta terça-feira (01), o depoimento de duas funcionárias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) sobre supostas irregularidades na emissão de laudos médicos com a finalidade de fraudar o seguro.

A reunião do Colegiado será às 16h, no Complexo de Comissões Técnicas da Casa.

Auditoria
De acordo com o relatório preliminar da auditoria realizada pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesa), as funcionárias estariam utilizando instalações de repouso e banheiros de umas das bases do Samu como escritório para atender ao DPVAT.

2016
Esses serão os primeiros depoimentos colhidos pela CPI em 2016. Após a oitiva das duas funcionárias do Samu, o presidente da Comissão, deputado José Sarto (Pros), deverá, juntamente com os demais integrantes, definir os novos depoimentos.

No início
Instalada em julho de 2015, a CPI já ouviu o delegado de Acidentes e Delitos de Trânsito (DADT), César Wagner; o delegado titular de Itapipoca, Marcos Aurélio França, e o diretor jurídico da Seguradora Líder dos Consórcios do Seguro DPVAT, Marcelo Davoli. Entre os dados revelados na CPI está a informação de que o Ceará pagou mais de 81 mil indenizações do Seguro DPVAT apenas em 2014.

Denúncia
Em março do ano passado, 13 pessoas foram denunciadas criminalmente por fraude do seguro DPVAT. A denúncia, apresentada pelo Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), acusa as pessoas de aliciarem vítimas de acidentes diversos e outras ocorrências em hospitais do Estado para se apresentar como vítimas do trânsito, a fim de ter direito ao seguro. O esquema funcionava em Itapipoca e municípios vizinhos, como Amontada, Uruburetama, Tururu e Trairi.

Com informações da AL


Curtir: