Ceará

Crise na saúde no Ceará será tema de audiência na AL

Crise na saúde no Ceará será tema de audiência na AL. Foto: Reprodução do Facebook
Crise na saúde no Ceará será tema de audiência na AL. Foto: Reprodução do Facebook

Preocupado com a precariedade dos serviços ofertados aos cearenses na área da saúde, o deputado estadual Carlos Matos (PSDB) solicitou uma audiência pública na Assembleia Legislativa para discutir o assunto.

A audiência será realizada na sexta-feira (10), às 14h30, no Complexo das Comissões Técnicas, em conjunto com as comissões de Seguridade Social e Família, da Câmara dos Deputados, e de Saúde, da Assembleia.

Para o deputado Carlos Matos, no Ceará, o “corredômetro” é apenas um dos problemas do sistema de saúde. “O Governo realizou investimentos na área. Porém, não há recursos para o custeio, o que agravou ainda mais o problema da saúde. Esta audiência será uma oportunidade para ouvirmos da União o pode ser feito pela saúde e também dos atores, soluções para a crise”.

Parceria
Segundo a presidente do Sindicato dos Médicos do Ceará, Mayra Pinheiro, a iniciativa vai agregar esforços para a resolução dos problemas. “A finalidade maior desta visita conjunta da Câmara e da Assembleia aos hospitais é constatarmos a situação dos pacientes e dos hospitais públicos do Ceará, para que possamos fomentar ações conjuntas para resolver a situação”.

Visitas
Além da audiência pública, os parlamentares devem visitar as principais unidades de saúde do Ceará. “Ver a situação in loco é fundamental. Não podemos debater sem conhecer a realidade”. As comissões de Saúde da Câmara e da Assembleia ainda estão trabalhando no cronograma das visitas.

Convidados
O membro titular da Subcomissão Permanente de Saúde, deputado federal Raimundo Gomes de Matos, também participará da audiência. Os secretários da saúde do Estado e do Município, Henrique Javi e Maria Socorro Martins foram convidados para participar do debate. O titular da Sefaz, Mauro Filho, da Seplag, Hugo Figueiredo, o procurador da república no Estado, Oscar Costa Filho, a promotora de defesa da saúde pública, Isabel Porto, também foram convidados.

Com informações da Assessoria


Curtir: