Ceará

Deputados aprovam extinção de 14º e 15º salários na Assembleia do Ceará

Deputados aprovam extinção de 14º e 15º salários na Assembleia do Ceará. Foto: AL
Deputados aprovam extinção de 14º e 15º salários na Assembleia do Ceará. Foto: AL

Por decisão unânime, o Colégio de Líderes e a Mesa Diretora da Casa da Assembleia Legislativa do Ceará aprovaram, em reunião na tarde desta quarta-feira (06), a extinção da ajuda de custo, também conhecida como 14º e 15º salários, que os parlamentares recebem no começo e no fim de cada ano.

Plenário
Segundo o presidente da AL, deputado José Albuquerque (PSB), o projeto de resolução que altera o artigo 130 do Regimento Interno da Casa, que estabelece a ajuda de custo, será lido durante a sessão plenária desta quinta-feira (07/03), e até a próxima semana será votado em plenário.

Se aprovada, passa a valer ainda este ano e os subsídios extras passarão a ser pagos na Assembleia somente no início e no fim do mandato parlamentar”, afirmou José Albuquerque.

Modelo
A decisão é baseada na lei federal que estabelece que os parlamentares estaduais devem receber até 75% de tudo o que os deputados federais ganham. “Como esse subsídio foi extinto pela Câmara Federal, automaticamente não receberemos também aqui”, justificou o presidente da Assembleia.

Leia aqui:
Deputados Federais aprovam projeto que acaba com 14º e 15º salários

Em reunião
Participaram da reunião os deputados José Sarto (PSB), Heitor Férrer (PDT), Manoel Duca (PRB), Fernanda Pessoa (PR), Sérgio Aguiar (PSB), Paulo Facó (PTdoB), Lula Morais (PCdoB), Roberto Mesquita (PV), Rachel Marques (PT), Nenen Coelho (PSD), Lucilvio Girão (PMDB), Dedé Teixeira (PT), Idemar Citó (DEM) e Tin Gomes (PHS).

Com informações da AL


Curtir: