Ceará

Deputados destacam os 25 anos da “Era Tasso”

Deputado estadual Heitor Férrer (PDT)

Deputados estaduais de diferentes partidos destacaram a chamada “Era Tasso”, na sessão desta sexta-feira (18) da Assembleia Legislativa. Os parlamentares lembraram os 25 anos da primeira eleição de Tasso Jereissati como governador do Ceará, completados em 15 de novembro, e citaram obras e projetos iniciados na primeira gestão do tucano.  

Férrer
O deputado Heitor Férrer (PDT) disse que a eleição de Tasso Jereissati representou uma mudança na história do Ceará. “Quer goste ou não goste, o primeiro governo Tasso foi um marco no estado do Ceará. Um marco administrativo, um marco político e um marco de desenvolvimento”, enfatizou. 

Férrer avaliou como “inimaginável pensar o Ceará” sem obras como o Castanhão, o Porto do Pecém, a infraestrutura de linhas elétricas e a abertura de novas rodovias, todas realizadas na administração do tucano. “Aquilo que era oposição anteriormente e que hoje é governo, hoje só pode pensar no Ceará por conta das obras deixadas pelo ex-governador Tasso Jereissati”, disse.

O pedetista disse ainda que não seria possível falar em desenvolvimento do Ceará sem as obras da “Era Tasso”. “Quer os apaixonados defendam, quer os desapaixonados não queiram, o governo Tasso foi um marco na história do Estado”, concluiu Férrer.

Ely
O deputado Ely Aguiar (PSDC) também destacou os avanços promovidos pelo ex-governador Tasso Jereissati. “Tasso é, sem sombra de dúvida, um dos grandes nomes da política brasileira que deu contribuição enorme para o nosso Estado. Considero que ele foi o maior governador de todos os tempos do Ceará”, disse o parlamentar.

Ely destacou o desenvolvimento do turismo de lazer promovido pelo então governador. “Quem chegava antes aqui não encontrava hotéis no interior do Ceará. Nas praias, tinha que se hospedar em pousadas, barracas. Hoje temos uma rede hoteleira de primeiro mundo”, comparou. Para ele, a criação do Aeroporto Internacional Pinto Martins também foi decisiva para isso.

Na avaliação do deputado, “Tasso deixou grande marca” promovendo a “ruptura com o clientelismo e o assistencialismo”. “Ele implantou no Ceará o projeto da moralização. Desafiamos quem viu durante o período em que Tasso governou algo que desabonasse sua conduta”, declarou.

FHC
O deputado Fernando Hugo (PSDB) disse que com o chamado projeto “mudancista”, Tasso foi responsável pela modernização da gestão pública e do desenvolvimento industrial no Ceará. O parlamentar citou a implantação do projeto São José, do linhão de energia elétrica na região metropolitana, e de acessos rodoviários de qualidade.

Dep. Fernando Hugo (PSDB)

“A partir da vitória e posse de Tasso, em 15 de março de 1987, começou o processo mudancista, que propiciou ao povo cearense condições de sociabilidade e bem viver melhoradas”.

O parlamentar ressaltou também que no segundo e terceiro mandatos Tasso conseguiu reduzir a mortalidade infantil e alcançou um alto índice de crianças e adolescentes matriculados nas escolas. Para Fernando Hugo, o governo “audacioso” propiciou “a volta da asa branca para os que tinham ido embora”, por conta da seca e da falta de empregos.

O tucano lembrou ainda que, por meio de Tasso, políticos como o ex-ministro Ciro Gomes, o governador Cid Gomes, Sérgio Machado, Moroni Torgan e os deputados Welington Landim (PSB) e Patrícia Sabóia (PDT) despontaram no cenário local e nacional.

Perboyre
Em aparte, o deputado Perboyre Diógenes (PSL) concordou com os colegas e ainda revelou  ter votado em Tasso Jereissati nas eleições de 2010 para o Senado por “coerência e coragem”.

Deputado Roberto Mesquita (PV)

Mesquita
Já o deputado Roberto Mesquita (PV) destacou os avanços promovidos pelo governo na chamada Era Tasso e disse que o Ceará ganhou respeito nacional tendo Tasso Jereissati a frente da administração do estado.

“Foi com Tasso que passamos a ser vistos pelo Sul e Sudeste como um estado diferente. Até o governo Tasso, éramos tratados com certo desdém”, disse. O parlamentar ainda afirmou que “Tasso foi o pai político de toda uma geração, inclusive Cid Gomes”, atual governador do Ceará.

Com informações da AL

Acompanhe as entrevistas com os deputados Heitor Férrer e Fernando Hugo: