ALEC

Deputados ressaltam investimentos e cobram apoio

Segundo Baquit, o Governo do Estado realizou grandes investimentos, no entanto, o Governo Federal não tem dado o devido apoio ao setor. Foto: Máximo Moura

Integrantes da base governista ocuparam a tribuna, nesta quinta-feira (12), no plenário da Assembleia Legislativa, para ressaltar a agenda positiva do governo e aproveitam para cobrar apoio da União.

O deputado Dedé Teixeira (PT) destacou a inauguração da Escola Estadual de Educação Profissional (EEEP), no município de Tabuleiro do Norte. De acordo com o deputado, foram investidos R$ 13,8 milhões, oriundos dos governos Federal e estadual, para construir, equipar e mobiliar a unidade de ensino.

“É a 119ª escola de educação profissional entregue pelo Governo do Estado, entendendo que este é um dos grandes instrumentos de melhoramento da educação pública”, assinalou Dedé Teixeira.

Ele parabenizou todos os profissionais da Secretaria da Educação do Ceará (Seduc) e o governador Camilo, pelos esforços de garantir recursos para transformar a educação do Estado.

Terra
O deputado também salientou a entrega de 59 títulos de propriedade de terra no município de Meruoca. Ele informa que os títulos são resultado final do Programa de Regularização Fundiária, que tem como objetivo fortalecer o combate à pobreza rural, tendo como foco principal a promoção da segurança jurídica do patrimônio fundiário do agricultor familiar, bem como a extinção da grilagem de terras no espaço rural cearense. “A entrega desses títulos de terra faz parte da estratégia de fortalecimento dos movimentos agrários do Estado, sendo uma importante ferramenta de desenvolvimento rural, universalizando o acesso à terra”, apontou Dedé Teixeira.

Agrária
Integrante da oposição, o deputado Roberto Mesquita (Pros) elogiou a política agrária do Governo do Estado. “Precisamos reconhecer que esta política que dá papel de terra aos pequenos agricultores é exitosa e justa, e corrige uma falha que tínhamos nesta questão por muitos anos”, pontuou.

Jaguaribe
Já o deputado Yuri Guerra (PP) destacou os investimentos realizados pelo Governo do Estado na região do Vale do Jaguaribe. O parlamentar citou a construção do Hospital Regional do Vale do Jaguaribe. De acordo com ele, o hospital irá beneficiar todos os municípios da região, como Russas, Limoeiro do Norte, Morada Nova, até o Aracati. Segundo informou, a terraplanagem do local onde o hospital será construído já está sendo realizada. Yuri Guerra elogiou também a eficiência das Unidades de Pronto Atendimento (Upas) e das policlínicas existentes na região. Conforme o deputado, todas as unidades têm médicos, equipamentos, ambulâncias, “tudo pronto para atender o paciente em todas as situações”.

Segurança
Outro ponto levantado pelo parlamentar foi a questão da segurança pública. Para ele, a região, principalmente o município de Russas, está recebendo novas unidades do Raio, além de equipamentos, viaturas, e câmeras de segurança. “Quero agradecer ao Governo do Estado que está nos assistindo de forma muito eficiente, cumprindo com muitas das nossas demandas e de suas promessas de campanha”, pontuou.

Oposição
O líder da oposição, deputado Capitão Wagner (Pros), ressaltou a importância do cumprimento dessas demandas. “Fico muito feliz que a segurança esteja sendo revista pelo Governo, pois é uma medida que irá impulsionar a economia de toda aquela região”, disse. De acordo com Capitão Wagner, um ambiente seguro é um fator atrativo para novos investidores.

Federal
O deputado Osmar Baquit (PDT), no entanto, pediu mais recursos federais para a área de segurança pública do Ceará. Segundo ele, o Governo do Estado realizou grandes investimentos, no entanto, o Governo Federal não tem dado o devido apoio ao setor. Na avaliação do deputado, uma alternativa para a falta de recursos seria dar para a segurança o mesmo tratamento de áreas como saúde e educação, que possuem dotações determinadas por lei. “O Fundeb destina 25% dos recursos para a educação. No SUS, por maiores que sejam os problemas, há um plano nacional. Mas não existe um plano nacional de segurança no País”, afirmou.

Apoio
O deputado defendeu o aumento de agentes federais no Estado, para auxiliar as forças estaduais no combate à violência. “O Ceará não produz drogas nem armas, que entram pelas divisas, e pelas fronteiras do País. Se não houver controle, o melhor plano de segurança do mundo não vai resolver. O Governo do Estado investiu em pessoal, inteligência e equipamentos, mas se não houver um plano nacional não há saída”, disse.

Facções
Como exemplo de violência exacerbada, o deputado adiantou que alguns integrantes de facções criminosas estão expulsando pessoas dos conjuntos habitacionais e tomando as residências. “A questão é muito mais séria que imaginamos. Estado e municípios precisam colaborar. Há um esforço gigantesco do Governo, em termos de investimentos, mesmo com seis anos de seca violenta. O governador Camilo Santana tem se virado nos trinta”, assinalou.


Curtir: