Bastidores

Dilma chama Ciro Gomes para ajudar na estratégia contra impeachment

Dilma chama Ciro Gomes para ajudar na estratégia contra impeachment. Foto: Valter Campanato/Agência Brasil
Dilma chama Ciro Gomes para ajudar na estratégia contra impeachment. Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

A presidente Dilma Rousseff se encontrará entre esta quinta (10) e  sexta-feira (11) com o ex-ministro Ciro Gomes, recém filiado ao PDT e provável candidato trabalhista à Presidência da República em 2018.

Ciro tem sido um dos mais ferrenhos opositores ao impeachment e um dos políticos mais críticos à atuação do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que foi chamado de “achacador” pelo irmão de Ciro, o então ministro da Educação, Cid Gomes.

Pezão
O encontro de Dilma e Ciro foi incentivado pelo governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão (PMDB), que tem sido um aliado de primeira hora da presidente e tem prestando atenção nos contundentes posicionamento de Ciro diante do quadro político.

“Capitão”
Ciro ainda aposta na queda e na prisão de Cunha e chegou a taxar o vice-presidente Michel Temer, presidente do PMDB e principal beneficiário do impeachment de “capitão do golpe”.

Dilma não chega ao fim
Em entrevista que fiz com Ciro, exatamente um ano atrás, o ex-ministro afirmou que, se continuasse “cometendo erros”, Dilma Rousseff não chegaria ao final de seu mandato. Disse, ainda, que caso o governo apoiasse a candidatura de Eduardo Cunha (PMDB) para a presidência da Câmara Federal, ele iria romper a aliança com a presidente brasileira.

Veja o vídeo aqui:
Em vídeo: Ciro fala sobre erros de Cid, a decepção com Tasso, faz criticas a Dilma e revela detalhes da milícia na PM

Com informações é do Poder Online


Curtir: