Nacional

Dilma começa hoje reuniões setoriais com ministros

A presidente Dilma Rousseff começou nesta quinta-feira (19) uma série de encontros setoriais com os ministros de todas as áreas do governo. A ideia é fazer uma prévia para a primeira reunião ministerial de 2012 marcada para o dia 23, na qual estarão presentes 38 ministros. Nas reuniões desta quinta-feira, a temática social predominará. Pela manhã, o assunto foi o Plano Brasil sem Miséria.

Ao longo do dia, a presidente terá conversas com os ministros Afonso Florence (Desenvolvimento Agrário), Tereza Campello (Desenvolvimento Social e Combate à Fome), além de Gleisi Hoffmann (Casa Civil). Os ministros Fernando Haddad (Educação) e Alexandre Padilha (Saúde) também são esperados no Palácio do Planalto nesta quinta-feira.

A ministra da Comunicação da Presidência da República, Helena Chagas, disse que nas conversas Dilma e os ministros farão uma avaliação dos programas e das ações do governo. A expectativa é que sejam definidas as metas até dezembro.

Reunião
Pela primeira vez no ano, a presidente vai reunir os titulares das 38 pastas do governo. Essa será a segunda reunião ministerial da gestão de Dilma. A primeira ocorreu no começo do mandato presidencial, em janeiro de 2011.

Dança das Cadeiras
Essa reunião ministerial deve ser a última com a atual equipe, pois alguns dos atuais titulares pretendem deixar os cargos para concorrer às eleições municipais de outubro. Na quarta-feira (18), a Presidência da República confirmou a saída de Haddad – que lançará sua candidatura para prefeito de São Paulo, capital. No lugar dele, assume o atual ministro da Ciência, Tecnologia e Informação, Aloizio Mercadante.

Leia em:
Planalto confirma Mercadante à frente do Ministério da Educação

Sai Haddad, entra Raupp
Em substituição a Mercadante, foi escolhido o cientista Marco Antonio Raupp, que preside a Agência Espacial Brasileira (AEB). Há ainda a previsão de a ministra da Secretaria de Políticas para as Mulheres, Iriny Lopes, também deixar o cargo para concorrer à prefeitura de Vitória (Espírito Santo).

Com informações da Agência Brasil


Curtir: