Articulação Partidos

Dirigente do PSD no Ceará admite que criação da sigla foi orientada por Cid Gomes

Dirigente do PSD no Ceará admite que criação da sigla foi patrocinada por Cid Gomes. Foto: Caroline Ribeiro

O Partido Social Democrático (PDS) já nasce no Ceará com Almircy Pinto, gestor do gabinete do governador Cid Gomes, como presidente regional da legenda. Em entrevista à TV Jangadeiro, o dirigente não esconde que o partido é um novo ninho para os aliados do governo estadual.

“O partido veio pelas mãos, realmente, do governador Cid Gomes. Nós tivemos o apoio velado dele [Cid Gomes]”, disse Almircy para em seguida completar afimando que “Ele [Cid Gomes] nos encarregou de fazer esse partido”.

PSD
Desde o último dia 29 de setembro o PSD foi autorizado pelo Superior Tribunal Eleitoral a receber filiados. No Ceará, segundo o presidente da sigla, o PSD deve atrair pelo menos 45 prefeitos. A maior parte dos gestores deve migrar do PSDB e alguns do PR.

Troca de partido
Entre os deputados federais, Manoel Salviano, eleito pelo PSDB,  já se filiou ao novo partido. Na Assembleia Legislativa do Estado, a formação do PSD causa o maior desfalque na bancada tucana.

O PSD é considerado uma sigla alternativa aos aliados do governador Cid Gomes (PSB) que é presidente estadual do Partido Socialista Brasileiro no Ceará.

Veja quem migra para a nova legenda aqui:
PSD acolhe aliados do governo e já nasce com bancada na Assembleia do Ceará

Fidelidade
Com a migração para o Partido Social Democrático, os parlamentares aproveitam a “janela” de infidelidade partidária. Pela lógica de entendimentos anteriores dos Tribunais, as trocas de partidos resultariam na perda do mandato. A legislação, no entando, permite a mudança para siglas “recém criadas” como é o caso do PSD.

Interesses
O idealizador da nova sigla, prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (ex-DEM), disse inicialmente que a legenda “não é de direita, nem de esquerda, nem de centro” o que a faz atraente para políticos com os mais variados interesses.

Leia também:
PSD coleta nome até de morto e é acionado pela oposição
Gony anuncia desfiliação do PSDB para evitar expulsão
Salmito Filho deixa PT e confirma filiação ao PSB
José Maria Pontes pede desfiliação do PT e não esconde decepção  

Prazo
O prazo concedido pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para as mudanças de partido político terminam na próxima sexta feira, 7 de Outubro. Segundo o juiz auxiliar da Corregedoria do TRE/CE, Cléber Castro, quem perder o prazo não poderá recorrer. A data também é o limite para que os políticos que quiserem se candidatar a prefeito ou vereador em 2012 solicitem alteração de domicílio eleitoral. Para os eleitores o prazo para alteração de domicílio eleitoral ou qualquer outra mudança pode ser feita até 9 de maio de 2012.

Saiba ainda:
PSD vai de 55 e pede registro ao TSE. Articulação também avança no Ceará    
Fora do ninho 


Curtir: