Bastidores

Domingos diz que reforma da Previdência é “injusta” e não passa na Câmara

Domingos Neto diz que reforma da Previdência é “injusta, do jeito que está”

A Comissão de Agropecuária da Assembleia Legislativa realizou no último sábado (25), na Câmara Municipal de Tauá, audiência pública para debater a Reforma da Previdência Social que está em tramitação no Congresso Nacional.

Na ocasião, o presidente estadual do PSD, o deputado federal Domingos Neto, afirmou que Reforma está em discussão na Câmara Federal desde o mandato da então presidente Dilma Rousseff, mas que existe uma distância enorme entre o que está proposto e os anseios da sociedade.

“A possibilidade de aprovação do texto da forma que está é zero. Tudo que mexe com os direitos é injusto e o Congresso não aprovará”, assegurou Domingos Neto.

“Verdade”
O deputado estadual Odilon Aguiar (PMB), autor do requerimento para a realização da discussão na Região dos Inhamuns, destacou que o assunto deve ser discutido com profundidade e que os trabalhadores não podem ser penalizados. “Não é verdade que a Previdência é deficitária. O que existem são desvios e uma inadimplência bilionária por parte das empresas”, disse Odilon.

E ainda
O deputado estadual Moisés Braz (PT), que presidiu a audiência pública, fez um breve histórico sobre as conquistas dos direitos dos trabalhadores e ressaltou que é contra a proposta em tramitação. A audiência pública foi aberta pelo presidente da Câmara de Tauá, Marcos Aurélio (PSD), e contou com as presenças de vereadores e representantes da CUT, Fetraece, sindicatos e representantes de classe.

Com informações da Assessoria


Curtir: