Greve

Duas semanas após a greve, quadro da PM começa a sofrer mudanças

O Comando Geral da Polícia Militar começou a realizar mudanças nas chefias das unidades operacionais e administrativas. As decisões foram publicadas no Diário Oficial do Estado nesta terça-feira (17) e modificam setores como o Comando de Policiamento da Capital (CPC) e do Interior (CPI), Ronda do Quarteirão e Batalhão de Policiamento Turístico (BPTur).

As mudanças atingem um dos braços mais importantes da segurança pública duas semanas depois da greve dos policiais e bombeiros militares que ocasionou uma onda de violência em Fortaleza e cidades do interior.

Baixa no CPI
Um dos nomes de peso atingido pela decisão foi o coronel Sérgio Costa, do Comando de Policiamento do Interior (CPI), responsável pela diminuição de homicídios na maior parte do território cearense e braço-forte do secretário Pública e Defesa Social, coronel Francisco Bezerra, na “Operação Divisa”.

Quem assume no lugar do cel. Sérgio Costa é o coronel Antônio Gomes Filho, que já esteve à frente do Programa Ronda do Quarteirão e do Batalhão de Policiamento Turístico (BPTur).

Outros mudanças
No Comando de Policiamento da Capital (CPC) sai o coronel Flares Luiz Braga Ferreira e assume o coronel Giovani Pinheiro da Silva. Já o Ronda do Quarteirão ficará sob o comando do tenente-coronel John Roosevelt Rogério de Alencar, que chefiava a BPTur, cujo comando será assumido pelo tenente-coronel Francisco Cláudio Bastos Mendonça.

Interior
Também devem assumir comandos no interior o tenete-coronel Edivar Rocha Macedo (9° BPM/Itapipoca); o tenente-coronel Francisco de Assis Paiva (11º BPM/Quixadá); o tenente-coronel José Jarbas Aguiar Freire (4º BPM/Canindé); e o tenente-coronel Gilberto Firmino de Sousa (6º BPM/Canil).

Leia mais:
Batalhão de Choque é chamado para impedir invasão do SVO
Escrivães militares começam a chegar a Fortaleza para auxiliar atividades da Polícia Civil

A mudança divide opniões. Acompanhe na reportagem do Jornal Jangadeiro:

Da Redação Jangadeiro do Online.