Nacional

Eduardo Campos diz que Dilma piorou política no Brasil

Ex-aliado, Eduardo Campos diz que Dilma piorou política no Brasil
Ex-aliado, Eduardo Campos diz que Dilma piorou política no Brasil

Pré-candidato à Presidência da República, o governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), disse que o governo Dilma Rousseff, além de não conseguir melhorar o país, “piorou” a política no Brasil, promovendo uma “crise de confiança”.

“O cristal quebrou. E qual é o cristal? O cristal da confiança, da relação de confiança entre o governo e a sociedade”, afirmou.

Sem sucesso
Ele voltou a dizer que o governo Dilma foi eleito para melhorar o Brasil, “mas não conseguiu fazê-lo”. “O governo sinalizou que ia melhorar a política e piorou a política no Brasil”, disse o presidenciável, durante uma entrevista na quinta-feira (27).

Eleição
Para Campos, a confiança só será restabelecida após as eleições de outubro, nas quais deve enfrentar a presidente Dilma Rousseff. “Só a vontade popular em uma eleição, no rumo da mudança, restabelece as condições políticas para o Brasil fazer uma retomada da confiança dos brasileiros no futuro do Brasil, dos agentes econômicos no futuro da nossa economia e, sobretudo, na capacidade de dialogar e pactuar uma nova pauta”, declarou.

Tom
Campos vinha fazendo críticas ao governo federal desde o ano passado, mas, somente neste mês, elevou o tom contra Dilma, inclusive com acusações nominais à presidente.

Ex-aliado
Para o governador, que até o ano passado apoiava o governo Dilma, a presidente desmanchou o legado recebido do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, do qual ele foi ministro.

Com informações da Folha


Curtir: