Eleições 2012

Eleições 2012: Heitor Férrer insiste que foi prejudicado e pede à Justiça que o inclua no segundo turno

Heitor Férrer insiste que foi prejudicado e pede à Justiça que o inclua no segundo turno. Foto: Izaias Vieira

O candidato do PDT na disputa pela Prefeitura de Fortaleza, o deputado estadual Heitor Férrer, anunciou na manhã desta terça-feira (09) que ações vai adotar junto a Justiça diante do suposto prejuízo sofridos nas eleições com a divulgação de pesquisas de intenção do voto que não “captaram o crescimento” do pedetista.

Férrer disse que vai ingressar com ações na Justiça para pedir a anulação do pleito ou a inclusão de seu nome entre os candidatos que disputam o segundo turno da eleição em Fortaleza.

“A informação dada ao eleitor de Fortaleza – de propósito ou por equívoco ou de má fé – é que foi dito ao eleitor fortalezense,ao eleitor do Heitor, que ele não tinha a menor possibilidade de chegar ao segundo turno”, protestou o pedetista.

E pode?
Segundo o advogado da coligação, Djalma Pinto, a realização de um segundo turno com três candidatos é possível e já existe jurisprudência sobre o assunto.

Leia ainda:
Ibope divulga nota e admite falha sobre desempenho de Férrer em Fortaleza

Voto útil
Férrer avalia que perdeu votos uma vez que parte do eleitorado pode ter optado pelo chamado “voto útil”, escolhendo outro candidato ao invés do pedetista que aparecia em quarto lugar na disputa, segundo as pesquisas.

Durante entrevista coletiva na Assembleia Legislativa, o advogado Djalma Pinto disse que os institutos de pesquisa induziram eleitores e veículos de comunicação ao erro.“Houve um prejuízo para o nosso candidato quando,na véspera da eleição, o Jornal Nacional (Globo), excluiu o nome do candidato Heitor Férrer de qualquer possibilidade de êxito na disputa, provocando um desequilíbrio na votação. Isso resultou no comprometimento da normalidade do processo eleitoral”, disse Djalma Pinto.

Danos
Ele também vai promover uma ação para pedir indenização contra os institutos de pesquisa Ibope e Datafolha por danos morais e materiais.

E ainda
O evento contou com as presenças de Heitor Férrer, Alexandre Pereira (candidato a vice-prefeito), Flávio Torres (ex-senador e coordenador da campanha) e André Figueiredo (presidente Nacional do PDT).

Acompanhe a entrevista de Heitor Férrer na reportagem do Jornal Jangadeiro:

[youtube]http://youtu.be/JcfvNrpUY0g[/youtube]


Curtir:


28 thoughts on “Eleições 2012: Heitor Férrer insiste que foi prejudicado e pede à Justiça que o inclua no segundo turno

  1. TOMARA QUE CONSIGA MESMO,MAIS VAI SER DIFÍCIL GANHAR  PQ ESTAMOS NO BRASIL,E O QUE MANDA É O DINHEIRO,MAIS MESMO ASSIM PARABÉNS HEITOR POR NÃO CALAR DIANTE DA PODRIDÃO !!!

  2. Querida Késia, o Heitor insisite pq é fato! Ele foi prejudicado!!! O título de sua matéria ao citar “INSISTE” transmite a ideia de que o fato não existe….

  3. Essa política de 2º turno deveria ser completamente modificada, os 2 candidatos que o disputaram não atingiram somados 50% dos votos da população, resumindo, mais de 50% dos votantes não os querem no governo. Por lógica simples, 3 candidatos participantes do 2º turno seriam necessários para uma eleição justa.

  4. Certamente, isso é verdade, pois eu, por exemplo, votaria no melhor candidato, que não esses dois que foram ao segundo turno. Assim votei no Moroni, mas se soubesse que Heitor tiraria o 3º lugar, teria votado nele.

  5. Ele não só pode, como tem o direito e deve fazer isso antes que seja tarde demais. E pra população, seria a única esperança. Sem isso, é voto nulo na certa.

Comments are closed.