Greve

Em assembleia, professores da rede pública estadual decidem continuar greve

Professores bloqueiam ruas próximas à AL (Foto: João Filho)

Professores da rede pública estadual de ensino decidiram, por unanimidade, em assembleia geral realizada na manhã desta sexta-feira (30), em frente à Assembleia Legislativa do Ceará (AL), manter a greve que chega ao seu 57º dia. Os educadores cobram a implantação da Lei do Piso Nacional do Magistério com repercussão para toda a categoria.

União
A categoria, que chegou a ficar dividida em relação à continuidade da greve, manifestou um novo sentimento de união fortalecido como forma de reagir a aprovação da mensagem enviada pelo governador Cid Gomes (PSB) aos deputados, que criou uma nova tabela de vencimentos para professores do nível médio.

Tensão continua
A tensão na sede do Legislativo continua. Policiais do Batalhão de Choque fazem um cordão de isolamento, impedindo a entrada de pessoas no prédio. Por conta das manifestações, a avenida Desembargador Moreira está bloqueada no sentido Sertão – Praia.

Segundo informou o presidente do Sindicato dos Professores do Estado, Anísio Melo, os docentes que estão do lado de fora vão sair em passeata, contornando a assembleia, para se juntar aos outros professores que estão acampados na parte de trás, com acesso pela Rua Barbosa de Freitas.

Leia mais:
Deputado chama professores de “hienas loucas e irresponsáveis”

Confronto
Na quinta-feira (29), professores e policiais do Batalhão de Choque entraram em confronto na Assembleia Legislativa, quando os docentes tentaram entrar no plenário para impedir a votação da matéria. Vários professores ficaram feridos. Alguns docentes foram detidos, mas liberados em seguida.

Veja as fotos da caminhada dos professores e estudantes divulgadas pelo professor da rede pública estadual, João Filho

Veja os vídeos da caminhada dos professores e estudantes no entorno da Assembleia Legislativa

Leia também:
Assembleia divulga nota sobre tumulto entre policiais e professores estaduais
Veja as imagens da confusão entre polícia e professores na Assembleia Legislativa


Curtir:


One thought on “Em assembleia, professores da rede pública estadual decidem continuar greve

Comments are closed.