Bastidores

Em carta, Roberto Pessoa diz que Ciro Gomes é falastrão e mentiroso; Prefeito ainda insinua que o ex-ministro usa drogas

Em carta, Roberto Pessoa diz que Ciro Gomes é falastrão e mentiroso; Prefeito ainda insinua que o ex-ministro usa drogas. Na eleição de 2012, Ciro e Roberto Cláudio trocaram agressões após debate na TV. Foto: Reprodução TV Jangadeiro

O prefeito de Maracanaú, Roberto Pessoa (PR), decidiu responder as críticas feitas pelo ex-ministro Ciro Gomes durante comício no dia 29 de setembro. Ciro defende a candidatura de Júlio Cesar Costa Lima (PSD) para a administração de Maracanaú e tem Pessoa entre seus desafetos políticos.

Bate
Em discurso, Ciro disse que Roberto Pessoa desviou dinheiro da prefeitura para “distribuir corrupção, ladroeira, suborno e lambança política por todo o estado do Ceará“.

Moraizinho
Ciro ainda diz que o empresário Raimundo Morais Filho, conhecido como Moraizinho, desviou dinheiro público da prefeitura de Maracanaú com ajuda de um genro de Roberto Pessoa.

No site Youtube é possível ver um trecho da fala de Ciro Gomes em Maracanaú:

[youtube]http://youtu.be/qW1RVIRAMr4[/youtube]

Pessoa rebate
Roberto Pessoa escreveu carta para rebater as críticas. Ele diz que Ciro Gomes “com seu destempero, desequilíbrio e mentiras de carteirinha de costume, fez várias acusações à minha pessoa, todas sem fundamento de verdade”.

Pesado
O prefeito se refere a Ciro Gomes como “vagabundo”, “pescoção” e “mentiroso”. Cita denúncias da revista Veja contra Ciro e lembra das denúncias contra o secretário Chefe da Casa Civil, Arialdo Pinho no caso dos cartões consignados.

Roberto Pessoa concluiu a carta lançando insinuações de que Ciro estaria usando drogas.

“O que se escuta nas rodas sociais e políticas é que esse seu comportamento de destempero, arrogância, com olhar esbugalhado e incisivo, acusações desmedidas e mentiras ao léu, sempre ocorrem sob efeito alucinógeno de substância em forma de pó branco, que se sabe não ser sal, maisena nem goma. Isso tem sido dito inclusive por profissionais e estudiosos da psicologia e psiquiatria”, diz Roberto Pessoa na carta publicada no blog do jornalista Roberto Moreira, do Diário do Nordeste.

Leia a carta na íntegra:

“O ex-Dep Federal pelo estado de São Paulo, o desocupado Ciro Gomes, esteve em Maracanaú no último sábado dia 29.09, num mini-comício de seu candidato moribundo, que só tem 25% nas pesquisas realizadas em 26.09, fazendo acusações à minha pessoa e acertou um tiro no próprio pé.

Suas acusações foram dirigidas ao prefeito que foi reeleito com 88% dos votos válidos e, depois de 8 anos de mandato, ainda tem 90% de aprovação.

Com seu destempero, desequilíbrio e mentiras de carteirinha de costume, fez várias acusações à minha pessoa, todas sem fundamento de verdade.

Esqueceu, o vagabundo Ciro Gomes, de falar sobre seu conterrâneo e amigo ex-prefeito de Ipu, Sávio Pontes, preso por corrupção e desvio de dinheiro público, que teve o mandato cassado pela justiça.

Também esqueceu o mentiroso Ciro Gomes de falar sobre seu amigo Mazim, ex-prefeito de Trairi, e sua esposa, pessoas da cozinha dos Ferreira Gomes, juntamente com mais 15 pessoas aliadas, foram presas por desvio de R$ 20 milhões em recursos públicos.

Esqueceu ainda o boquirrota Ciro Gomes de dizer que a candidata a prefeita da Cariús, Natália FERREIRA GOMES, pelo partido PHS, aliada ao esquema do Governo do Estado, foi presa por 9 dias juntamente com seu marido Esivan por tráfico internacional de drogas.

Em suas acusações o Pescoção alega que ofereci proteção à candidata a prefeita de Santana do Cariri, Srª Daniele de Abreu Machado, que ele afirma participar de quadrilha de sequestro. Ora, essa Senhora é tabeliã na cidade do Crato e respeitada em toda a região do cariri, estando com 16% à frente do candidato apoiado pelo mentiroso e pelo Governo do Estado, que representa uma das oligarquias mais atrasadas do Ceará.

A respeito do Sr. Moraizinho, citado pelo mentiroso, o que sei é que esse senhor esteve em palanque vizinho ao de seu irmão CID, na campanha eleitoral de 2010, na cidade de Madalena. Também nas eleições de 2010 o candidato irmão do Pescoção foi visto em conversa coloquial e amigável com o ex-prefeito Ageu, de Boa Viagem, condenado a quase 200 anos de prisão por envolvimento no assalto ao Banco Central de Fortaleza, o maior da história do Brasil. De tudo isso tenho registros fotográficos

Todo o Ceará me conhece e sabe que as acusações a mim dirigidas são levianas e mentirosas. Por isso e em respeito à minha história política, minha família, meus amigos e aos milhares de eleitores que me apoiam nos 184 municípios do estado do Ceará, estou respondendo as ofensas desse mentiroso falastrão. Não calo, porque não consinto.

Sou empresário há 49 anos e as empresas de minha família produzem quase 1 milhão de ovos por dia, gerando 1 mil empregos diretos e indiretos no estado do Ceará. E você desocupado Ciro Gomes, sabe qual a diferença ente uma fatura e uma duplicata? De onde vem o dinheiro que financia suas viagens internacionais em jatinhos particulares, se hospedando nos hotéis mais luxuosos do mundo? Como ganhou dinheiro para alcançar um patrimônio que tem até apartamentos em bairros nobres nas cidades do Rio de Janeiro e São Paulo?

Será que seus recursos não provêm de lobies junto ao Governo do Ceará e a Prefeitura de Belo Horizonte, defendendo interesses de empreiteiras e empresas de informática. Sei disso e posso provar, assim requeira a justiça ou você mesmo em debate público que pode marcar dia, hora e local.

Além disso, como andam as apurações da denúncia feita em matéria da revista VEJA, no 2° semestre de 2010, que indica desvio de R$ 300 milhões no Ministério da Integração Nacional quando você era ministro?

Pergunto ainda: como está a questão dos “cartõezeiros”, que envolve seu amigo e ex-patrão Arialdo Pinho?

Agora fica minha última indagação: quem é chefe de quadrilha? Eu ou você?

Bem a propósito, o que se escuta nas rodas sociais e políticas é que esse seu comportamento de destempero, arrogância, com olhar esbugalhado e incisivo, acusações desmedidas e mentiras ao léu, sempre ocorrem sob efeito alucinógeno de substância em forma de pó branco, que se sabe não ser sal, maisena nem goma. Isso tem sido dito inclusive por profissionais e estudiosos da psicologia e psiquiatria.

Mas, em verdade, sobre isso saiba que meu sentimento é de preocupação e compaixão por você e que oro para que consiga se libertar dessa praga. Ofereço até os serviços do CAPS-AD de Pajuçara, que tem excelentes profissionais e conseguido grande sucesso na recuperação dessa dependência.”

Roberto Pessoa

Prefeito Municipal de Maracanaú


Curtir:


2 thoughts on “Em carta, Roberto Pessoa diz que Ciro Gomes é falastrão e mentiroso; Prefeito ainda insinua que o ex-ministro usa drogas

Comments are closed.