Bastidores

Em Fortaleza, Ideli Salvati diz que encaminhará carta de demissão a Dilma

Em Fortaleza, Ideli Salvati diz que encaminhará carta de demissão a Dilma
Em Fortaleza, Ideli Salvati diz que encaminhará carta de demissão a Dilma

Em passagem por Fortaleza, a ministra Ideli Salvati, da Secretaria Nacional de Direitos Humanos, afirmou que, após a presidente Dilma Rousseff voltar da reunião do G-20, na Austrália — onde se encontrará esta semana com o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama — encaminhará a sua carta de demissão à presidente.

Segundo pontuou, a ação é para deixar Dilma “à vontade” para fazer a montagem de seu novo ministério. Salvati prevê, ainda, que Dilma, ao voltar do encontro, deverá anunciar o nome do novo ministro da Fazenda.

Tá difícil
A ministra reconheceu que a presidente Dilma Rousseff está terminando o ano com dificuldades no tocante à economia brasileira, contudo, o cenário, segundo ela, pode ser revertido, haja vista que o segundo mandato da petista é exatamente para consertar o que não está funcionando bem. “Estou com muita fé que daqui para frente tudo vai melhorar”, arrisca.

Gasolina
Sobre o aumento dos preços dos combustíveis, ponderou ser um “leve aumento”, que não vai machucar o bolso do consumidor. “Acho que não dá para ninguém reclamar desse aumento, porque ele foi pequeno, só de 3% na gasolina e de 5% no óleo diesel”, opina. Com relação à oposição, após fortalecimento de Aécio Neves (PSDB) nas eleições, onde obteve votação expressiva e representa uma “ameaça” à gestão de Dilma Rousseff, afirmou que Dilma trabalhará para minorar a forçar opositora no Congresso Nacional.

Com informações do OE


Curtir: