Ceará

Em nota,deputado diz que Cid Gomes revelou seu caráter de “maneira sórdida”; Governador comparou corrente do PT a doenças sexualmente transmissíveis

Cid e Luizianne em tempos de aliança. Foto: reprodução da TV Jangadeiro

A corrente Democracia Socialista (DS) do Partido dos Trabalhadores divulgou nota em resposta à declaração do governador Cid Gomes sobre a corrente interna do PT, Democracia Socialista, da qual faz parte a prefeita Luizianne Lins. Cid Gomes comparou, em tom de brincadeira,a  corrente interna da sigla a doenças sexualmente transmissíveis. Em nota, o representante do PT diz que o governador Cid Gomes revelou seu caráter de “maneira sórdida” , ao fazer a comparação.

A declaração
Na última quarta-feira (10), durante discurso, o Governador do Ceará, Cid Gomes (PSB), chamou a DS, corrente à qual pertence a prefeita de Fortaleza Luizianne Lins e o candidato do PT à Prefeitura do Município, Elmano de Freitas, de DST. A sigla quer representa “Doenças Sexualmente Transmissíveis”. Elmano enfrenta no segundo turno das eleições na cidade o candidato do PSB, Roberto Cláudio.

“Não existe um consenso único na candidatura do PT. São sete tendências dentro de um mesmo partido. A dela – Luzianne Lins – é a da Democracia Socialista (DS), mas se vocês colocarem mais “T” fica DST”, ironizou o Governador.

E ainda
Não é a primeira vez que declarações do governador, em tom de brincadeira, ganham repercussão nacional.

Veja o vídeo:
Cid Gomes fala sobre o uso do “velho dedo” no exame de próstata

Resposta
A nota, assinada pelo deputado federal Dr. Rosinha, vice-presidente do Parlamento do Mercosul (Parlasul), diz que o governador Cid Gomes revelou seu caráter de “maneira sórdida uma vez que, segundo a nota, em suas declaração, “Cid Gomes, além de revelare profundo preconceito, revela também desprezo às pessoas portadoras de alguma Doença Sexualmente Transmissível, como a HIV/AIDS.”

Acompanhe a nota na íntegra:

“Época de campanha é época de revelações. Alguns, como o candidato Elmano de Freitas do PT e a prefeita Luizianne Lins, também do PT, revelam os programas, propostas e projetos para fazer de Fortaleza uma cidade mais bela e mais justa. Aqueles que não têm proposta ou programa de governo para a cidade revelam seu caráter, preconceito e desamor pela cidade e sua gente. E, revelam das maneiras mais sórdidas, como fez o governador Cid Gomes, do PSB, em relação à prefeita Luizianne Lins e a Elmano de Freitas, candidato do PT.

Estarrecido, li as declarações do governador Cid Gomes comparando a DS (Democracia Socialista), corrente interna do PT a qual milita a prefeita Luizianne Lins, a DST (Doença Sexualmente Transmissível). Assim como Elmano e Luizianne, é com orgulho que sou do PT e da corrente interna Democracia Socialista. A declaração de Cid Gomes, além de revelar profundo preconceito, revela também desprezo às pessoas portadoras de alguma Doença Sexualmente Transmissível, como a HIV/AIDS. São pessoas que precisam de tratamento, solidariedade e amor e não de comparações irônicas e preconceituosas.

Como médico, pediatra e sanitarista, de público condeno a declaração de Cid Gomes e conclamo os eleitores e eleitoras do município de Fortaleza a repelir essa declaração votando em quem tem projetos para a sua vida e para a cidade”.

*Dr. Rosinha
Deputado federal e vice-presidente do Parlamento do Mercosul (Parlasul)”

Prefeitura
Também em nota, a Coordenadoria da Diversidade Sexual da Prefeitura de Fortaleza protesta contra as declarações de Cid Gomes e diz que o governador deveria se retratar publicamente. A nota ainda afirma que homofobia e discriminação fazem parte da “prática política de Cid e Ciro Ferreira Gomes”.

Para ler a nota na íntegra, clique abaixo:

Homofobia e discrimação: prática política de Cid e Ciro Ferreira Gomes

Na última quarta-feira, 10, o governador do Ceará, Cid Ferreira Gomes, fez uma declaração preconceituosa referindo-se à Democracia Socialista (DS), corrente política do Partido dos Trabalhadores (PT) a qual pertence à prefeita Luizianne Lins, dizendo que “se vocês colocarem mais um “T” fica DST”. DST é a sigla para Doenças Sexualmente Transmissíveis. A declarão revela mais uma vez a intolerância e o desrespeito com que a família Ferreira Gomes trata as pessoas que vivem com algum tipo de DST. Também revela a discriminação que nós, da população de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (LGBT), e pessoas que vivem com HIV/Aids, sofremos. Há mais de 25 anos lutamos pelo fim da discriminação desse tipo de violência no Ceará, no entanto, é justamente o governador do Estado que se manifesta reproduzindo o preconceito.

Não foi a primeira vez que um político da família Ferreira Gomes se posicionou assim. Em 1993, o ex-governador Ciro Ferreira Gomes, referindo-se ao movimento separatista do Rio Grande do Sul disse que “as pessoas que defendiam isso têm um desvio homossexual”. A declaração provocou em todo o país manifestações de repúdio à postura de violência contra a população LGBT. Uma prática ultrapassada, conservadora e contra as diretrizes e princípios dos Direitos Humanos.

Veja também:
Grupo de Resistência Asa Branca divulga nota de desagravo sobre declaração de Cid Gomes

Não podemos nos calar frente a esse ato de deboche praticado pelo governador do Ceará Cid Ferreira Gomes, que, infelizmente, atinge a milhares de pessoas que, como eu, luta pelo fim da discriminação e do preconceito a pessoas vivendo com HIV/Aids.

O que se quer de verdade, não são declarações e “brincadeirinhas” excludentes e preconceituosas, mas sim políticas públicas específicas para o combate à Homofobia no estado do Ceará, que, segundo dados da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, é o 8º no ranking de assassinatos da população LGBT e o 4º em número de denúncias pelo Disque 100.

Que o Governador Cid Ferreira Gomes se retrate publicamente e não brinque com as questões da saúde e qualidade de vida da população, principalmente com as questões pertinente à prevenção, diagnóstico e tratamento das DST/Aids que, infelizmente, tem infectado milhares de pessoas, e muitos tem perdidos suas vidas nesse pais.

Francisco Orlaneudo Lima – Coordenador de Diversidade Sexual da Prefeitura Municipal de Fortaleza

Secretário Regional do Fórum Nacional de Gestoras e Gestores LGBT

Membro do Comitê Nacional de Saúde da População LGBT – Ministério da Saúde

Ex-Presidente do Grupo de Resistência Asa Branca – Movimento Homossexual do Ceará

Co-Fundador da Rede Nacional de Pessoas Vivendo com HIV/Aids – Ceará.

Co-Fundador do Fórum de ONGs/Aids Ceará.


Curtir: